sexta-feira, 26 de junho de 2009

VW Brasília. Quando todo mundo continua gostando de uma ideia depois de um ano é porque ela é muito boa.



Review de CD - Chickenfoot - Chickenfoot

Juntar numa banda músicos de peso para um projeto em comum, usando de seus nomes e prerrogativas musicais numa atmosfera pronta de marketing... Fórmula velha. Porém o som é novo e de altíssima qualidade o que torna uma grata surpresa ouvir o CD de lançamento da banda Chickenfoot.

Primeiro porque Joe Satriani usou de todo seu feeling para não fazer com que os solos ficassem longos demais, estão na medida certa. A Azeitona do Dry Martini.

Segundo porque, ainda que a voz omnipresente de Sammy Hagar nos lembre Van Halen (não há como não pensar nisso de cara) depois de ouvir todo o álbum você nota o tênue, porém significativo, divisor de águas.

Terceiro porque é muito legal músicos juntarem-se em projetos como este pra mostrar sua diversidade. É como tocar com amigos que não são da mesma banda em uma festa qualquer, mas gravar um CD ou fazer um DVD dessa reunion.

As músicas da Chickenfoot tem uma pegada forte na identidade própria da banda que, devido a junção de músicos de peso, só poderia dar em sonzeira.

E o supergrupo traz o baixista Michael Anthony e o vocalista Sammy Hagar, ex-integrantes do Van Halen, na comissão de frente. Além das duas estrelas, o Chickenfoot conta ainda com Joe Satriani na guitarra e o baterista Chad Smith, de 'férias' do Red Hot Chili Peppers.

O CD abre com "Avenida Revolution", uma canção de melodia pesada e soturna de solo curto porém marcante e os inconfundíveis gritos de Hagar que nos preparam pro que ainda virá.

"Soap On A Rope" é a canção em que Chad Smith (batera do Red Hot Chili Peppers) destrói com uma pegada swingada, com mudanças de tempo primorosas acompanhadas por uma linha vocal nervosa de Sammy e solo de peso nas mãos de Satriani. 'Hardera' de primeira classe.

"Sexy Little Thing" nos arremete ao 'novo rock', uma nova fórmula que as velhas bandas têm usado, o AC/DC é um exemplo (veja a sonoridade do último CD da banda Stiff Upper Lip e entenda) provavelmente seja a próxima a cair nas graças das FM's rock.

"Oh Yeah" é a música de trabalho da banda. Ja está tocando por aí, você provavelmente já ouviu. Sonzeira 'alegrinha' no estilo Van Halen.

"Runnin' Out" soa a música mais comercial do CD. Talvez pela levada tranquila que ganha um brilhozinho salpicada pelos ataques da bateria.

"Get It Up" é uma canção onde se pode sentir quase que no tato a participação forte de Chad Smith na composição usando algumas formulas do RHCP. A linha de vocal casa perfeitamente com os riffs de guitarra e a linha de baixo que são o diferencial junto com backings melodiosos e explosões no tempo de execução da mesma. Perfeita!

"Down The Drain" é como uma caminhada pelo parque numa tarde de sol, ela segue tranquilamente com algumas surpresas pelo caminho.

"My Kinda Girl" é uma canção que segue a linha antiga hard: melodia, backings e riffs casados. Gostosinha de ouvir.

"Learning To Fall" é a baladinha do CD. Nada de novo porém bonita e bem conduzida.

"Turnin' Left" em compensação te arrebata no primeiro acorde tirando-o(a) da marola e te levando a altas ondas num passeio por tempos de execução quebrados, um puta solo rápido e rasteiro de guitarra numa execução primorosa da banda.

"Future In The Past" encerra a viajem musical na trilha dos rastros do franguinho que já se tornou um bom galo de briga.

Se quiser ver o poder de fogo da banda, no YouTube™ já começam a aparecer vídeos e clipes.

Delicie-se como quem come uma canja apimentada, travando um bom combate com o pé de frango...

Whiplash

Cortando uma bola de baseball com uma Katana



quinta-feira, 25 de junho de 2009

Uma imagem



Auto Union Type C com lastro

Como não era possível ter pneus mais largos...

Tudo isso só porque perdeu no World of Warcraft?

Eu não entendo nada desses MMORPGs, mas acho que ele não deve ter feito coisa boa com seu bot...


"Escola do Rock" forma primeira turma no Rio Grande do Sul

O Curso de Formação de Profissionais e Produtores de Rock da Unisinos, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, promove um festival no Porão do Beco, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (25).

Batizado de "Quinta Crockante", o evento funciona como um trabalho de conclusão de curso, e foi inteiramente produzido pelos alunos, dentro da disciplina Projeto Festival. "Posso dizer que estou tão nervoso quanto qualquer pessoa que vai apresentar uma monografia", confessa Lourenço de Pauli, membro da banda Oh!.

Além deles, tocam no festival os grupos Os Lordes, Sargento Malagueta e De La Rock, todos formados por alunos do curso.

"Não acho que sou um roqueiro 'diplomado', mas me sinto um roqueiro realmente preparado para o mercado", diz Lourenço. Ele lembra que no começo muitas pessoas caçoaram do curso de rock. "Eles perguntavam: 'como é um curso de rock? Vocês vão ter aula de roda punk?' Mas estamos nos formando, e pudemos ver que é um curso muito sério. Nada rígido como Direito ou Administração, mas foi uma formação sólida".

Dono de uma produtora montada com um colega, ele sabe que poderia ter feito sua carreira sem o curso, mas diz que funcionou como um "atalho". "Aprendi coisas que as bandas levam muito tempo para descobrir. As disciplinas relacionadas a planejamento e negociação foram muito importantes".

O músico Frank Jorge, ex-Cascavelettes, atualmente na Graforréia Xilarmônica e em carreira solo, coordenador e fundador do curso, acha que não é só o diploma que vai fazer a diferença. "O mercado existe, mas não posso dizer que todo mundo tem emprego garantido. Nós conseguimos dar uma formação completa e abrangente, em todas as áreas, mas assim como em outras profissões, vai depender do esforço do aluno para conseguir se inserir no mercado", pondera.

Ao longo dos cinco semestres, os alunos tiveram disciplinas como Teoria e Percepção Musical, História do Rock, Legislação, Plano de Negócios, Criação Musical, Produção Musical, Desenvolvimento de Produto Web e Filosofia, Cultura e Ética. O aspecto prático do curso é levado a sério, e muitas aulas acontecem em estúdios em Porto Alegre.

O curso tem 65 alunos, e o vestibular para a próxima turma acontece em dezembro. Quem quiser ser um roqueiro diplomado vai ter que arcar com uma mensalidade de R$ 1.034,85. Uma maneira de saber se vale a pena é ir ao festival em Porto Alegre e ver o resultado ao vivo, em cima do palco.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Ufa! Conseguimos pôr um carro grande dentro de um carro compacto. VW 1600 Brasília. A nova dimensão de carro.



O que fazer com as pilhas?

Diante de tudo que as montadoras estão fazendo para diminuir as emissões de poluentes, como carros mais econômicos, que desligam o motor quando param no sinal, e no pisar do acelerador, ligam novamente, motores bi, tri e tetra combustível, e finalmente, a última moda, carros elétricos.

Agora, uma pergunta fica no ar: o que fazer com as baterias gastas dos carros, quando forem substituídas? Qual será o método para o descarte? Será feito um super lixão para elas?

As baterias são de lítio, um metal alcalino, portanto, elas poluem o meio ambiente. Além disso, em vez de pararmos num posto de combustível, estamos "reabastecendo" o carro em nossa casa, sobrecarregando o sistema de energia elétrica?

Será que não estamos trocando seis por meia dúzia, no que diz respeito a garantir um futuro melhor para o planeta? Teremos que construir novas usinas hidroelétricas para suprir a maior necessidade de energia elétrica? Ter um carro elétrico, no futuro, será uma prática inviável, já que teremos que parar a cada 80 Km para recarregar as baterias por 8 horas?

Não teria uma outra maneira de manter os motores a combustão, apenas tomando medidas para diminuir as emissões de poluentes, com resultados satisfatórios a longo prazo?

Max Mosley desistiu! Façam suas apostas!

Em reunião do Conselho Mundial do Esporte a Motor, na cidade de Paris, Max Mosley anunciou que não concorre à reeleição da presidência da FIA. A decisão deve ter sido tomada por ele provavelmente, depois de uma longa conversa com Bernie Ecclestone. "Bernie joga só pra ganhar. É um negociante nato, viveu mais de 40 anos no esporte e seu casamento até acabou por causa da Fórmula 1", disse o mestre Edgard Mello Filho ontem, no programa Linha de Chegada, do SporTV.

"Não haverá racha. Não gostaria de sair da presidência da FIA no meio de uma crise, queria resolve-la antes de deixar o cargo", disse Mosley, após a reunião, confirmando as esperanças de todos que não gostariam de ver duas categorias paralelas no ano que vem. Bernie Ecclestone, presidente da Formula One Management, disse que "prevaleceu o senso comum" e se sente muito feliz depois que as "diferenças foram resolvidas".

Max Mosley poderia muito bem se reeleger, fácil, fácil. O problema é que ele não quer mais saber de ser o estopim da implosão da Fórmula 1. No entanto, pode lançar alguém de sua confiança. Bernie Ecclestone poderia também lançar um novo candidato.

Lembrando que quem elege o presidente da FIA não são os dirigentes da Fórmula 1, são as confederações nacionais e os automóveis clubes.

Agora, lanço a pergunta: quem deve ser o próximo presidente da FIA? Vou fazer minhas apostas. Jackie Stewart, nome forte no circo da Fórmula 1, dando sua opinião sobre a crise na Fórmula 1 em diversas oportunidades. Jean Todt também é cogitado, uma vez que deixou a direção da equipe Ferrari e entende da política da Fórmula 1. Michel Boeri, do Automóvel Clube de Mônaco, também é forte candidato. Ari Vatanen, finlandês, campeão de Rally, é mais um na minha lista.

Há uma enquete ao lado. Vote e dê sua opinião em um comentário.

O primeiro caso de um homem traído por uma boneca inflável



Flávio Gomes mostra o VW Passat LSE no Programa "Limite", da ESPN


terça-feira, 23 de junho de 2009

Are you with us in 2010?

Esta é a pergunta que a Ferrari está fazendo aos internautas sobre a criação de uma categoria em paralelo com a Fórmula 1.

Está certo que tanto a FOTA como a FIA tem suas parcelas de culpa nos últimos acontecimentos envolvendo os bastidores da categoria máxima do automobilismo.

No entanto, a Associação das Equipes, na minha opinião, ganhou um ponto a favor, somente pelo fato de perguntar ao "povo" o que eles acham de possíveis decisões a serem tomadas.

Isso pode representar um passo importantíssimo para a criação do que podemos chamar de "New Formula World Championship", como já foi falado em muitos lugares, uma vez que a FOTA, ao contrário da FIA, sabe o que os espectadores querem.

Para votar na enquete elaborada pela Ferrari, clique na imagem abaixo, que eu recebi num newsletter.


Porsche Panamera first drive



Mark Webber's Custom Giro Helmet

Mark Webber participou do Cycling Plus Sportive em associação com a Geoff Thomas Foundation e a Pacific Outdoor Equipment. O australiano também ajudou a organizar o evento de 156 Km.

A Madison, distribuidora inglesa da fábrica de capacetes Giro fez, juntamente com os artistas gráficos da Red Bull na Alemanha, um capacete especial para Mark Webber. "Nada se compara às cores da Red Bull", disse um porta-voz da Madison.

Só imagino quanto deverá custar... se é que será vendido...




segunda-feira, 22 de junho de 2009

A Ford lança um novo carro: o Ford Belina, agora com o motor XP de 75 HP



Review de CD - Sacos Plásticos - Titãs

É fato que muita gente desistiu dos Titãs ao longo dos últimos 12 anos, desde o lançamento do seu Acústico MTV, um dos álbuns mais superestimados do rock nacional. E após dois caça-níqueis ("Volume 2" e "As Dez Mais") deslocados da essência da banda, o jogo parecia perdido para o septeto. Mas, o grupo conseguiu a redenção com o excelente "A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana", para então conceber o mediano "Como Estão Vocês?". Quando muitos pensaram que era o fim, eis que em 2009, a banda faz suas apostas novamente, com o seu novo álbum: "Sacos Plásticos".

É normal que muitos fãs prefiram ignorar a formação atual da banda, desde que Marcelo Fromer morreu e Nando Reis deixou o grupo. E o fato do novo álbum ter sido produzido por Rick Bonadio (Fresno, CPM 22, etc...) ainda vai gerar todos os tipos de discriminação incabida que você puder imaginar. Mas, logo nos segundos iniciais da primeira música, "Amor por Dinheiro", temos uma agradável sensação nostálgica misturada ao sentimento de "novidade" na sonoridade da banda, graças ao retorno das famosas batidinhas eletrônicas e daquele estilo pop/rock oitentista típico dos seus primeiros álbuns. E para quem sempre curtiu o Titãs clássico, não há nada de ruim nisso, muito pelo contrário...

E falando em pop/rock oitentista com influências de new wave, synthpop e afins, temos mais faixas que usam o "velho" em favor do "novo": a ótima e irreverente "Sacos Plásticos", a boa e semi-rocker "Agora Eu Vou Sonhar", o agradável pop/reggae "Quanto Tempo" (alguém lembrou do primeiro álbum?), e as divertidas e dançantes "Problema" e "Múmias".

E pra não dizer que os Titãs não lembraram do bom e velho rock 'n' roll, também marcante em sua essência inicial, o novo álbum traz os petardos "A Estrada", "Deixa Eu Entrar" (com uma boa presença de Andreas Kisser na guitarra, ainda que muitos não irão notá-la), e a curiosa "Não Espere Perfeição", que fará muitos pensarem na faixa como uma referência à própria irregularidade dos Titãs nos últimos anos... o que não deixa de ser muito interessante!

Agora, os pontos fracos: a inevitável (será mesmo?) presença de baladas açucaradas como "Porque Eu Sei que É Amor", "Quem Vai Salvar Você do Mundo?", e até a acústica "Deixa eu Sangrar", que mal consegue trazer um diferencial interessante ao álbum. A faixa "Nem Mais uma Palavra" até lembra algo do primeiro álbum, mas soa um tanto sem graça e sem sal.

Já o single "Antes de Você" merece atenção especial, pois apesar de ser um mix de rock e balada bastante formulaico, consegue trazer uma boa capacidade de cativar até ouvintes mais exigentes. Ainda assim, tal faixa pode dividir opiniões e gerar mais discussões clichês e idiotas do tipo "Titãs virou emo?", o que funcionaria como uma boa oportunidade de mostrar a diversidade desse novo trabalho...

Com boas letras - ou pelo menos melhores do que muita coisa feita pela banda até em sua fase clássica - e referências a cada fase "titânica", "Sacos Plásticos" pode soar um tanto heterogêneo e sem rumo, mas é um trabalho digno de figurar na discografia dos Titãs, além de nos lembrar da capacidade criativa do (agora) quinteto. E talvez esse seja o momento ideal para aquela parcela de fãs mais ortodoxos enxergarem este novo álbum dos Titãs como um bom retorno da banda às suas atividades...

Músicas:
1. Amor por Dinheiro
2. Antes de Você
3. Sacos Plásticos
4. Porque Eu Sei que É Amor
5. A Estrada
6. Agora Eu Vou Sonhar
7. Quanto Tempo
8. Deixa eu Sangrar
9. Problema
10. Não Espere Perfeição
11. Quem Vai Salvar Você do Mundo?
12. Múmias
13. Deixa Eu Entrar
14. Nem Mais uma Palavra

Whiplash

DVD - História do Autódromo Internacional de Cascavel







Previsão do tempo: muitos vírus no ar



Michael Schumacher fazendo bico

Desde que Michael Schumacher se aposentou do circo da Fórmula 1, no final de 2006, ele tentou se manter em atividade no esporte a motor. Foi conselheiro da Ferrari, aventurou-se nas motocicletas, e, ultimamente, para surpresa de todos, ele andou trabalhando para Jeremy Clarkson, do programa automobilístico britânico Top Gear, "interpretando" o personagem "The Stig".



Calma, o mistério ainda está no ar. No final do vídeo, eles dizem que aquilo foi uma brincadeira e que o Stig pode ou não ser Michael Schumacher. O alemão foi lá testar a Ferrari FXX preta, que é exclusiva para ele. Então, aproveitaram para fazer uma graça.



Este vídeo mostra porque Michael Schumacher não é "The Stig".


sexta-feira, 19 de junho de 2009

Latvala atolando

Jari-Matti Latvala, no Rally de Acropolis, na Grécia, saiu da pista e atolou, ficando com as rodas motrizes suspensas no ar, impossibilitando de sair do lugar. As pessoas que estavam no lugar ajudaram a dupla que estava no Ford Focus a sair da complicada situação.

Bimota Tesi 3D




A Bimota Tesi 3D foi criada na década de 1980 como um projeto de conclusão de curso do engenheiro Pierluigi Marconi. Serão produzidas, de forma semiartesanal, apenas 29 unidades, sendo uma delas a mais cara e completa, com parte do chassi feito em fibra de carbono. Esta também deve ser a única unidade vendida no Brasil, ao preço de 200 mil reais.



Além do design agressivo, a Tesi impressiona por outros detalhes, a começar pela suspensão dianteira, do tipo pull-rod. Ela trabalha com braços de sustentação horizontal e dispensa as tradicionais bengalas.

Curioso também é o sistema de direção, acionado por barras e terminais que fazem com que só a roda seja direcionada para os lados.



O chassi desta moto segue a forma da letra grega Ômega e é feito de alumínio. Seu projeto garante um baixo peso, característica fundamental em máquinas de alto desempenho. A Tesi 3D não tem subchassi metálico traseiro: o monocoque e a rabeta são de fibra de carbono, material de alto custo utilizado em competições.

Como ser um True Black Metal



Enquanto isso, em 2049...

Pai e filho andam de bicicleta no Autódromo José Carlos Pace. O pai para logo após o "S do Senna", olha para a sequencia de curvas e, desolado, suspira e diz ao filho:

- E pensar que neste circuito, alguns dos maiores pegas da Fórmula 1 passaram por aqui...

- Pai, o que é "Fórmula 1"?

- Era um campeonato que, se existisse até hoje, realizaria sua centésima temporada este ano. Era a elite do automobilismo mundial. As melhores equipes, os melhores pilotos, o sonho que qualquer piloto de Kart queria realizar. Alguns brasileiros foram campeões, entre eles, Ayrton Senna!

- Pai, quem foi "Ayrton Senna"?

Brüno - Official Trailer




Lembra-se do Borat? Pois é, Sacha Baron Cohen está de volta, desta vez, interpretando um austríaco gay, repórter de moda, chamado Brüno, e, pelo trailer, as suas trapalhadas e patacoadas serão realizadas, pelo menos, com a mesma intensidade que Borat as executava.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Fim de semana com Belina



Ford Model T - 100 Years Later



Kombi legal




Seguindo com as descobertas de velharias inteiraças nas ruas de Santa Cruz do Sul, segue esta Kombi.


Renault Clio RS 200 vs. Ford Focus RS



Homenagem da Kiss FM ao Dia dos Namorados




Is This Love
Love Me Do
I Love It Loud
Love Gun
Used To Love Her
Whole Lotta Love
Love Shack
When It's Love
Love Of My Life
All You Need Is Love
All You Need Is Rock 'n Roll
No Dia dos Namorados, o rock também é a melhor trilha.

The Porsche Way

A Porsche promoveu nesta semana o lançamento do "The Porsche Way", um documentário que conta os oitenta anos de história da marca. O longa-metragem tem duas horas e meia de duração e contém cenas extraídas de um acervo de mais de cinco mil horas de imagens.

Entre os momentos marcantes, informações sobre o Lohner-Porsche, projeto de veículo elétrico, apresentado por Ferdinand Porsche, em 1900, e a trajetória da marca no automobilismo, além do projeto do Volkswagen, concebido pelo próprio Ferdinand Porsche, e os últimos lançamentos, como o utilitário esportivo Cayenne.

O documentário estará disponível nos idiomas inglês e alemão e será vendido apenas na loja do museu da marca em Stuttgart, na Alemanha. "The Porsche Way" poderá ser adquirido por 24 euros e 90 centavos.


Bebida pra bebê



Urso polar peidando (ou churrilhando?)



Pinguim peidando



Cagaço



quarta-feira, 17 de junho de 2009

Escapadinha de pista



Uma imagem



Norwegian dirt jump competition

Inteligências Múltiplas

Segundo o dicionário Houaiss uma das definições de inteligência é "a capacidade de aprender e organizar os dados de uma situação, em circunstâncias para as quais de nada servem o instinto, a aprendizagem e o hábito; capacidade de resolver problemas e empenhar-se em processos de pensamento abstrato".

Um dos fatores que diferencia os seres humanos dos outros animais é a "racionalidade", ou seja, a capacidade agir de maneira racional, utilizando os pensamentos ao invés de apenas os instintos. A outra característica são as emoções (amor, ódio.....).

Muitas pessoas confundem inteligência com estudo, porém há pessoas sem estudo que são muito inteligentes, mas não tiveram a oportunidade de desenvolver-se no campo acadêmico, e pessoas com estudo que não são tão inteligentes assim, mas que tiveram acesso a uma boa base educacional.

Na década de 1990 uma equipe de pesquisadores da Universidade de Harvard, liderada pelo Dr. Howard Gardner, desenvolveu uma teoria até então inovadora, das inteligências múltiplas, na qual foram identificados vários tipos de inteligência, tais como:

1. LINGÜÍSTICA: habilidades no uso da linguagem (falada, escrita) para se expressar e entender melhor aos demais.

2. LÓGICO-MATEMÁTICA: fácil entendimento de padrões e ordem sistemática de fatores e criar deduções sobre possibilidades para de maneira lógica chegar a conclusões e soluções - geralmente esta inteligência está mais desenvolvida nos cientistas e matemáticos.

3. ESPACIAL: percepção e alto grau de entendimento visual (cores, texturas) e espacial (formas, localização no espaço) da realidade que nos cerca - este tipo de inteligência pode ser encontrado mais aparente em engenheiros, arquitetos, artistas plásticos, etc.

4. EXISTENCIAL: entendimento das questões existenciais e fundamentais da realidade que nos cerca, tais como vida e morte, geralmente mais evidente nos filósofos e pensadores.

5. MUSICAL: maior capacidade de entender as diversas dimensões da música (ritmos, tons, notas musicais, tipos de instrumentos e possibilidades sonoras), interagindo e criando novas estruturas musicais.

6. CINESTÉSICA-CORPORAL: uma maior compreensão e afinidade das funções motoras resultando no melhor uso do corpo em diversas formas e possibilidades (rapidez, força, reflexos...) - em geral esta inteligência está mais evidente em atletas, dançarinos.

7. INTERPESSOAL: maior entendimento das relações interpessoais (do indivíduo com os demais), com uma boa percepção das reações dos demais (desejos, sentimentos, opiniões) propiciando ao indivíduo uma melhor interação com os outros.

8. INTRAPESSOAL: a capacidade do indivíduo entender a si mesmo, suas motivações (desejos, frustrações, emoções, sentimentos) formando uma auto imagem imparcial e justa, podendo desta forma melhorar a auto-estima de forma que conhecendo suas capacidades pessoais e possibilidades o indivíduo possa estar bem consigo mesmo e buscar uma melhor qualidade de vida.

As inteligências múltiplas interagem a partir do momento em que cada indivíduo tem uma mais desenvolvida do que outras. Porém, nenhuma é melhor ou pior do que as demais: é apenas uma questão de aptidão e vocação para determinadas atividades serem mais evidentes em uns, do que em outros. Afinal, nem todos podem ser cantores, nem todos podem ser matemáticos. O importante é que o indivíduo entenda sua real natureza e possa, com isso, buscar estar bem consigo e com os outros.

Boa sorte e sucesso!

José Luis Amâncio
iMasters

Idiotas!



Ferrari Scuderia Spider 16M 2009



Paul Kibii Tergat - 17/06/1969

Paul Kibii Tergat nasceu em Kabarnet, Baringo (Rift Valley), no Quênia, no dia 17 de junho de 1969. É um corredor de longa distância, várias vezes campeão mundial de cross-country e duas vezes medalha de prata nos 10 mil metros dos Jogos Olímpicos, além de ter sido o recordista mundial da maratona, com 2h04m55s, de 2003 a 2007.

Antes de se tornar atleta, Tergat foi jogador de basquete. Começou a sua carreira de atleta em 1992, quando venceu o título de Campeão queniano de cross-country. Contudo, não esteve presente nos Campeonatos Mundiais devido a uma lesão.

Paul Tergat foi casado com Monica durante treze anos, e tem três filhos. Tornou-se Embaixador da Boa-vontade para o Programa Mundial da Alimentação das Nações Unidas, em janeiro de 2004. Quando criança, a sua família era bastante pobre e, se não tivesse sido ajudado por aquele programa das Nações Unidas, ele nunca poderia ter feito os seus estudos. Tergat é também membro da Comissão de Atletas da Associação Internacional de Federações de Atletismo.

Venceu cinco vezes consecutivas, entre 1995 e 1999, o título da Associação Internacional de Federações de Atletismo de Campeão Mundial de Cross-Country.

No Brasil, Tergat venceu cinco vezes a Corrida de São Silvestre, tornando-se o recordista da prova em número de vitórias, além de possuir o melhor tempo para o percurso, 43m12s.

Em Portugal, conseguiu a sua melhor marca de 10 Km em estrada, com 27m45s, obtidos em 26 de março de 2006, em Lisboa, e a sua melhor marca para a meia maratona é 59m06s.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Primeiro comercial Coca-cola no Brasil - década de 1950



Revista do Inter - Especial Centenário




Esta edição de colecionador da Revista do Inter, especial do centenário do Colorado, já está em minhas mãos. Custa R$ 13 (com o frete) e pode ser adquirida no site www.revistadointer.com.br.

A revista é muito bonita, com o "Revista do Inter" e o escudo do time em relevo, criando uma capa reluzente. O conteúdo da revista é dividido em duas partes: a primeira metade mostra muitos detalhes da festa de 04/04/2009, a segunda mostra a história, títulos e curiosidades acerca do Sport Club Internacional.

Fiat Oggi, um carro para os dias de hoje



MP3 ajuda a vender CDs

De acordo com estudo divulgado pela BBI, escola de administração noreguesa, quem baixa música livremente em sites de troca de arquivo gasta 10 vezes mais comprando música do que quem não usa esse tipo de site. O resultado do estudo étão impressionante que a indústria musical e as gravadoras simplesmente não acreditam nele.

Mas eu acredito. E por uma razão simples: eu já imaginava que isso iria acontecer desde o final dos anos 1990. Essa pesquisa apenas confirma minhas suspeitas.

O fato é que nos primeiros anos da Era Napster, período em que não havia nenhum movimento musical expressivo que alavancasse o mercado de CDs, as vendas aumentaram. Quanto mais o Napster crescia, mais as vendas aumentavam. Quando mataram o Napster, as vendas de CD diminuíram. E quanto mais a RIAA (associação de gravadoras americanas) perseguia desenvolvedores de programas de compartilhamento de música, mais as vendas de CDs diminuíam. Isso não podia ser coincidência.

A RIAA e a indústria musical em geral culparam as redes P2P (Limewire, Torrent, eMule) pela decadência, acusando-os de “roubar” música. Bom, mas o fato é que não é fácil você encontrar música nova e diferente nas rádios, havia poucos modos de se descobrir novas bandas, novos tipos de música que o motivassem ir a uma loja comprar um CD. Era um momento de transição que deixou a indústria musical perdida e sem rumo.

Com a habilidade de compartilhar coleções musicais de qualquer parte do mundo, o Napster se tornou uma espécie de DJ gigantesco, que conseguia encontrar música de todo e qualquer tipo, não importa qual seu gosto. Com exceção do tempo que se leva para baixar uma música, esse é um modo muito mais eficiente do que o rádio para se ouvir o estilo musical da preferência. E sem comerciais.

Por isso, não é nenhuma surpresa que as vendas de CD eram altas na época do Napster. Porém, absolutamente ninguém da cúpula da indústria musical conseguiu entender a sociologia deses mecanismo. E continua não entendendo.

Por isso faço essa simples pergunta: há uma banda por aí que eu certamente compraria o CD, pois gosto do estilo. Mas como vou descobri-la? Como vou saber se ela existe? Nas rádios que só tocam as mesmas músicas o dia inteiro?

O fato é que os mecanismos de “descoberta” atuais são arcanos e parecem piorar a cada dia. Há centenas de milhares de músicos medíocres enchendo o MySpace de porcaria, oferecendo download gratuito em troca de reconhecimento. As bandas punks mais toscas de antigamente soam como Mozart se compararmos com os lixos sem talento que o mercado tenta nos impor.
A indústria musical se meteu num beco sem saída e agora tenta buscar o caminho mais fácil.

As gravadoras buscam artistas que sejam muito fáceis de promover e investem muito dinheiro neles, ainda que o talento seja zero. E assim vivemos a Era Britney Spears, com artistas sem talento que vivem de imagem para vender (poucos) CDs e ingressos para shows. Eles estão afundando o mercado sem perceber.

John Dvorak
PC Magazine
AdNews

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Michael Schumacher dá algumas voltas na Ferrari 599 GTB Fiorano HGTE

Depois de ser apresentado ao público no Salão de Genebra, o Ferrari 599 GTB HGTE passa pelo crivo de Michael Schumacher. O piloto deu 20 voltas no circuito de Fiorano. O piloto alemão juntou-se aos participantes do "Pilota Racing", um curso de pilotagem esportiva exclusivo para proprietários de Ferrari, para testar a versão HGTE do 599 GTB no circuito italiano de Fiorano. Schumacher deu vinte voltas com o carro, mas a Ferrari não revelou os tempos registrados por Schumacher.

Em relação ao 599 GTB convencional, a nova versão conta com suspensão mais rígida, que inclui amortecedores com mais pressão e um ronco mais esportivo graças ao sistema de escapamento modificado. Além disso, o carro vem com rodas de aro 20 desenhadas exclusivamente para essa nova versão.



Nos vídeos abaixo, Michael Schumacher destacou a importância das escolas de pilotagem para a condução no dia-a-dia.




Pateta

Julian Simón largou na pole e dominou o GP da Espanha na categoria 125cc. No entanto, acreditando que estava na última volta, reduziu a velocidade para comemorar a vitória. No entanto, para desespero dos mecânicos na mureta dos boxes, Simón apenas abria seu último giro na corrida. Até o pódio ele conseguiu perder, chegando em quarto.



Isso me fez lembrar outro pateta: Bjorn Wirdheim, na finada Fórmula 3000, quando entregou uma vitória em Mônaco de presente para Nicolas Kiesa. Acreditando que já havia cruzado a linha de chegada, resolveu reduzir para comemorar com o "staff" da equipe. No entanto, a linha de chegada era um pouco mais à frente. Quando percebeu, já era tarde.



Depois disso, Kiesa conseguiu uma vaga na Minardi. Já Wirdheim, campeão com recorde de pontos acumulados na temporada, não chegou à F1. Tornou-se, no máximo, test-driver da Jaguar, Jordan e BAR.

Homicídio doloso

O piloto mexicano Carlos Pardo morreu na pista, depois de ultrapassar Jorge Goeters na última volta e ser tocado pelo mesmo piloto, batendo lateralmente na proteção de pneus.




As declarações de Goeters e de dirigentes da Nascar



Será que o México é como o Brasil? Porque, se for, esse Jorge Goeters vai continuar correndo, como se nada tivesse acontecido. Se o Brasil fosse sério, Renato Russo não poderia andar mais nem de bicicleta, e teriam divulgado a substância encontrada no dopping de Paulo Salustiano.

How to Photograph Your Car For Resell



Pesquisa dá dicas para potencializar e-commerce

O e-commerce no Brasil vem crescendo bem segundo as estatísticas de volume de vendas. Em 2008, as vendas aumentaram 30%, totalizando R$ 8 bilhões. Mas as vendas online poderiam ser ainda maiores se as lojas virtuais fossem mais fáceis de usar e mais atraentes para os consumidores.

A página do produto é hoje tão ou mais importante do que a home. A maioria dos usuários chega aos sites de comércio através dos buscadores e pode cair direto na página do produto. Ela pode ser decisiva para a conquista de um novo cliente, por isso deve ser fácil de usar e apresentar a informação que é importante para o usuário, além de ser agradável e atrativa.

A consultoria Mercedes Sanchez Usabilidade e Pesquisa preparou um estudo sobre usabilidade de sites de comércio eletrônico. Três especialistas visitaram 15 sites de comércio eletrônico e analisaram algumas páginas de produto em cada site. Foram escolhidos produtos similares ou típicos do site. Todos os 15 violaram princípios básicos de usabilidade, o que leva à perda de vendas.

O crescimento no setor no Brasil é notório, mas a empresa ficou sua pesquisa nos problemas do setor a fim de apontar caminhos para que ele seja melhor aproveitado e, consequentemente, cresça ainda mais.

No estudo, três especialistas da consultoria analisaram as páginas de produto de 15 sites de e-commerce. Foram escolhidos produtos similares ou típicos de cada website e, de acordo com dados da pesquisa, todos os 15 violaram princípios básicos de usabilidade e por isso não vendem o que podiam vender.

Para a Mercedes, alguns sites se preocupam muito com o carrinho de compras e esquecem que, antes de comprar, o usuário quer ver bem o produto e saber se ele atende às suas necessidades, caso contrário a compra não é concluída.

Entre os principais problemas presentes nas páginas de produto, a empresa aponta que a descrição do produto muitas vezes fica em segundo plano; muitos sites não sabem conquistar o cliente e perdem vendas; a maioria disponibiliza poucas imagens, muitas vezes pequenas e de baixa qualidade, que não mostram detalhes dos produtos e, às vezes é difícil achar o botão "comprar".

Para evitar esses problemas, a especialista em Usabilidade Mercedes Sanchez dá algumas dicas: priorizar na página o que é relevante para o seu consumidor; não empurrar tudo que é produto; investir em imagens de qualidade; caprichar na descrição do produto; usar um botão "Comprar" bem destacado.

Foram avaliadas as páginas de produto dos sites Casas Bahia, Compra Fácil, Extra, Fnac, Gimba, Kalunga, Netshoes, Saraiva, Submarino, Polishop, Sack´s, Wal-Mart e lojas da Claro, TIM e Vivo.

O resumo dos principais resultados está disponível para download no site da Mercedes Sanchez Usabilidade.

Sou programador, o mágico atende na sala ao lado

Por inúmeras vezes, deparei com o seguinte questionamento por parte do meu provável cliente, aquele que está na agulha para fazer parte do seu portfólio. "Mas eu não vou ter problemas com o sistema não né?", confesso que aos primeiros clientes, não posso precisar quantos, pois isso já faz algum tempo, respondi de forma automática, claro que não! Essa minha resposta pré-moldada, e que na verdade não era só minha, fazia parte da bagagem de muito outros programadores e ainda faz, principalmente dos novatos, estava na verdade envolvida num verdadeiro emaranhado de sentimentos: MEDO – em dizer o contrário e perder o provável cliente; INGENUIDADE – em às vezes acreditar mesmo que problemas não iriam existir; EXECESSO DE CONFIANÇA – em acreditar que todas as rotinas haviam sido extensivamente testadas , abrangendo de forma efetiva, todas as situações adversas que poderiam ocorrer; FEELING – em acreditar que essa é a melhor resposta, segundo manual de marketing daquele curso de uma semana que você acabou de fazer; ANSIEDADE – de sair dali com uma resposta positiva e comemorar com sua namorada, esposa ou sócio mais uma vitória; entre outros tantos de importância igual ou maior que os citados. Entretanto uma coisa importantíssima ficou faltando nesta resposta, uma coisa que deveria servir de lastro em todas suas conquistas, e que te dará consistência e confiabilidade em todos os seus futuros passos – A VERDADE.

Quem em sã consciência pode garantir que o seu sistema não apresentará problemas? Digo isso, porque em muitos casos, existe certa distância entre o que nós de TI e o que nosso cliente entende por "Problema no Sistema". Nós podemos distinguir claramente os problemas oriundos do "Sistema", da máquina, da rede ou do sistema operacional, que para nós são problemas distintos e perfeitamente identificáveis, já para o cliente, principalmente os que não possuem a figura do responsável pela TI em suas empresas, resumindo, a grande maioria, "Ocorreu uma corrupção na tabela de clientes" ou "Ocorreu uma falha no registro do Windows" ou mesmo "Um setor do HD está com bad block" resume-se a "Estava trabalhando normalmente e de repente o sistema deu pau...!". ou ainda, "Mas só acontece no seu sistema, o Word funciona normalmente..!". Adicione a isso, a palavra abalizada daquele técnico pouco qualificado, de extrema confiança do seu cliente dizendo, "É... isso só pode ser problema no sistema..". Até você mostrar a real causa do problema e provar que o mesmo não foi proveniente do sistema, já se vai alguns cabelos da sua ex-vasta cabeleira e alguns créditos de sua poupança pessoal de paciência, salientando-se que, provar, muitas vezes não significa restaurar a satisfação do seu cliente. Por isso e por muito mais, aprendi a dizer a resposta correta a indagação, citada no inicio, ao meu provável cliente, "Não posso garantir que não irá apresentar problemas, pois o seu perfeito funcionamento depende de outras variáveis, sistema operacional, equipamentos, rede e usuários, o que eu posso garantir é que sua empresa terá um pronto atendimento se ocorrer algum problema com o sistema.", complementando, apenas em pensamento claro...."Sou programador, o mágico atende na sala ao lado...".

Joselito Nascimento
Linha de Código

Do you wanna learn English?



rFactor - Endurance Series Mod - Trailer and Carlist



P1:
Zytek 06S (Spec 2006 LMS/LM)
Creation CA06H (Spec 2006 LMS/LM)
Epsilon Euskadi EE1 (Spec 2008 LMS/LM)

P2:
Porsche RS Spyder (Spec 2006)
C65 AER (Spec 2006 LMS/LM)
C65 Judd Spec (2006 LMS/LM)
C65 Ford (Spec 2006 LMS/LM)
C65 Mazda (Spec 2006)

GT1:
Aston Martin DBR9 (Spec 2006-2007-2008)
Corvette C6.R (Spec 2006-2007-2008)

GT2:
Porsche 996 RSR (Spec 2006)
Porsche 997 RSR (2007-2008 LMS/LM)
Panoz GT2 (Spec 2006)
Spyker C8 (Spec 2006-2007)

Cars

P1 - Zytek 06S:
ALMS06 - Zytek Motorsport
LMS06 - Zytek Motorsport
LM06 - Zytek Motorsport

P1 - Creation CA06:
ALMS06 - Creation Autosportif
ALMS07 - Autocon Motorsport
ALMS07 - Intersport Racing
LMS06 - Creation Autosportif
LM06 - Creation Autosportif

P1 - Epsilon Euskadi EE1:
LMS08 - Epsilon Euskadi
LM08 - Epsilon Euskadi

P2 - Porsche RS Spyder:
ALMS06 - Penske Motorsport

P2 - Courage C65:
ALMS06 - Barazi Epsilon
ALMS06 - BK Motorsport
ALMS06 - Miracle Motorsport
LMS06 - Barazi Epsilon
LMS06 - G-Force Motorsport
LMS06 - Paul Belmondo Racing
LMS06 - Kruse motorsport
LM06 - Barazi Epsilon
LM06 - G-Force Motorsport
LM06 - Paul Belmondo Racing
LM06 - Miracle Motorsport

GT1 - Aston Martin DBR9:
ALMS06 - Aston Martin Racing
ALMS07 - Team Modena
ALMS08 - Bell Motorsport
LMS06 - Larbre Competition
LMS06 - Team Modena
LMS07 - Larbre Competition
LMS07 - Team Modena
LMS07 - Jet Alliance Racing
LMS08 - Team Modena
LMS08 - Strakka Racing
LM06 - Russian Age Racing
LM06 - BMS Scuderia Italia
LM06 - Aston Martin Racing
LM07 - Aston Martin Racing
LM07 - Team Modena
LM07 - BMS Scuderia Italia
LM07 - Larbre Competition
LM08 - Aston Martin Racing
LM08 - Vitaphone Racing
LM08 - Team Modena
FIA2006 - Phoenix Racing
FIA2006 - Cirtek Motorsport
FIA2006 - BMS Scuderia Italia
FIA2006 - Race Alliance
FIA2007 - BMS Scuderia Italia
FIA2007 - Gigawave Motorsport
FIA2007 - Barwell Motorsport
FIA2007 - Jet Alliance Racing
FIA2007 - Phoenix Racing
FIA2008 - Jet Alliance Racing
FIA2008 - Gigawave Motorsport

GT1 - Corvette C6R:
ALMS2006 - Corvette Racing
ALMS2007 - Corvette Racing
ALMS2008 - Corvette Racing
LMS2006 - PSI Experience
LMS2007 - Luc Alphand Aventures
LMS2008 - Luc Alphand Aventures
LM2006 - Corvette Racing
LM2007 - Corvette Racing
LM2007 - PSI Experience
LM2007 - Luc Alphand Aventures
LM2008 - Corvette Racing
LM2008 - Luc Alphand Aventures
FIA2006 - PSI Experience
FIA2006 - GLPK-Carsport
FIA2007 - Luc Alphand Aventures
FIA2007 - Carsport Holland
FIA2007 - PSI Experience
FIA2008 - SRT
FIA2008 - Phoenix Racing
FIA2008 - DKR Engineering

GT2 - Spyker C8:
ALMS06 - Spyker Squadron
ALMS07 - Spyker Squadron
LMS06 - Spyker Squadron
LMS07 - Spyker Squadron
LMS07 - Speedy Racing Team
LM06 - Spyker Squadron
LM07 - Spyker Squadron
FIA06 - Spyker Squadron

GT2 - Panoz LMGT2:
ALMS06 - Multimatic Motorsport
ALMS06 - Team LNT
ALMS07 - Robertson Racing
ALMS07 - Team PTG
LMS06 - Team LNT
LMS07 - Chad Peninsula
LM06 - Team LNT
LM07 - Team LNT
LM06 - Multimatic Motorsport
FIA06 - Team LNT

GT2 - Porsche 996RSR:
ALMS2006 - Alex Job Racing
ALMS2006 - Petersen/White Ligntning
ALMS2006 - Flying Lizard Motorsports
ALMS2006 - Farnbacher Loles Racing
ALMS2006 - Vonka Racing
ALMS2006 - J3 Racing
ALMS2007 - Autoracing Club Bratislava
ALMS2007 - Konrad Motorsport
ALMS2008 - Autoracing Club Bratislava
LMS2006 - ICE Pole Racing Team
LMS2006 - Thierry Perrier
LMS2006 - Autorlando Sport
LMS2006 - Seikel Motorsport
LMS2006 - Farnbacher Racing
LMS2006 - T2M Motorsport
LMS2006 - Imsa Performance Matmut
LMS2006 - James Watt Automotive
LMS2007 - Team Felberpayr Proton
LM2006 - Ice Pole Racing Team
LM2006 - Imsa Performance
LM2006 - Flying Lizard Motorsports
LM2006 - Seikel Motorsport
LM2006 - Sebah Automotive Ltd
LM2006 - Petersen/White Ligntning
LM2006 - T2M Motorsport
LM2006 - Team Taisan Advan
LM2006 - Noel Del Bello
FIA2006 - Renauer Motorsport
FIA2006 - Vonka Racing
FIA2006 - Team Felbermayr Proton
FIA2006 - AB Motorsport
FIA2006 - Ebimotors
FIA2006 - Autoracing Club Bratislava
FIA2006 - Ice Pole Racing Team
FIA2006 - Race Alliance
FIA2007 - Team Felberpayr Proton

GT2 - Porsche 997RSR:
ALMS2007 - Rahal Letterman Racing
ALMS2007 - Flying Lizard Motorsport
ALMS2007 - Tafel Racing
ALMS2007 - Farnbacher Loles
ALMS2007 - Team Trans Sport LLC
ALMS2008 - Vici Racing
ALMS2008 - Flying Lizard Motorsport
ALMS2008 - Farnbacher Loles
LMS2007 - IMSA Performance Matmut
LMS2007 - Team Felbermayr Proton
LMS2007 - Prospeed Competition
LMS2007 - Farhnbacher Racing
LMS2007 - Thierry Perrier
LMS2007 - James Watt Automotive
LMS2008 - IMSA Performance Matmut
LMS2008 - Team Felbermayr-Proton
LMS2008 - Farnbacher Racing
LMS2008 - James Watt Automotive
LM2007 - Seikel Motorsport
LM2007 - IMSA Performance Matmut
LM2007 - Flying Lizard Motorsport
LM2007 - Autorlando Sport
LM2008 - IMSA Performance Matmut
LM2008 - Team Felbermayr-Proton
LM2008 - Flying Lizard Motorsport
FIA2006 - Manthey Racing
FIA2007 - Prospeed Competition
FIA2007 - Ebimotors
FIA2007 - IMSA Performance Matmut
FIA2007 - James Watt Automotive
FIA2007 - BMS Scuderia Italia
FIA2007 - Tech 9 Motorsport
FIA2008 - Trackspeed racing
FIA2008 - Prospeed Competiton
FIA2008 - Juniper Racing
FIA2008 - IMSA Performance Matmut
FIA2008 - K plus K Racing
FIA2008 - Team Felbermayr-Proton
FIA2008 - Victor Racing
FIA2008 - ARC Bratislava

136 MPH Rally Car Jump


Oliver Rolf Kahn - 15/06/1969

Oliver Rolf Kahn nasceu em Karlsruhe, Alemanha, no dia 15 de junho de 1969. É ex-jogador de futebol. Conquistou a Eurocopa de 1996 e foi vice-campeão da Copa do Mundo de 2002. Começou a jogar futebol aos dezessete anos na sua cidade natal, e com dezoito, integrou a equipe júnior do Karlsruher SC. No entanto, Kahn nunca fez a sua carreira a nível de seleções juvenis da Alemanha. A sua estréia na Bundesliga ocorreu quando já tinha vinte e um anos, mas desde cedo mostrou ser um goleiro promissor. Ao fim de três temporadas, já era considerado um dos melhores do país. Assim, em Outubro de 1993, quando tinha vinte e quatro anos, foi convocado pela primeira vez para a seleção alemã, embora não tenha chegado a entrar em campo.

No ano seguinte, foi convocado para participar da Copa do Mundo, nos Estados Unidos, mas ficou no banco de reservas. Na temporada 1994/1995 deixou o Karlsruhe para assinar contrato com o Bayern Munique, o mais conceituado clube da Alemanha. A sua transferência foi a mais cara envolvendo um goleiro.

Kahn assumiu logo a titularidade na equipe de Munique, mas, em novembro de 1994, uma lesão obrigou-o a parar por cinco meses. No entanto, mal regressou, encontrou logo a melhor forma e assumiu de novo a titularidade.

Assim, em junho de 1995, conseguiu finalmente representar pela primeira vez a Seleção da Alemanha, num jogo contra a Seleção Suíça. Na Eurocopa de 1996, na Inglaterra, e na Copa do Mundo de 1998, na França, mas acabou ficando na reserva. Só quando o goleiro titular da seleção, Andreas Köpke, anunciou a sua aposentadoria da seleção, após a Copa do Mundo de 1998, é que Kahn teve a oportunidade de assumir a titularidade da Alemanha.

Kahn teve a sua melhor fase na carreira em 2000, sendo eleito o melhor jogador do Campeonato Alemão e o melhor goleiro da Europa. Em 2001/2002, depois de conquistar, pelo Bayern de Munique, o quarto título Alemão, venceu também a Liga dos Campeões da UEFA.

Na Copa do Mundo de 2002, disputada no Japão e na Coréia do Sul, Kahn conseguiu um feito inédito: foi o primeiro goleiro a ser considerado o melhor jogador da competição. Kahn, em excelente forma, foi o principal responsável pela chegada da Alemanha à final da Copa, mas acabou perdendo para o Brasil. As suas boas atuações o levaram, em dezembro de 2002, a ser eleito pela FIFA o segundo melhor futebolista do ano, atrás do brasileiro Ronaldo.

Na Copa do Mundo de 2006, foi reserva da seleção durante quase todo o torneio, atuando apenas na disputa do terceiro lugar, contra Portugal. Kahn fez uma atuação discreta. O resultado desta partida foi 3 a 1 para a Alemanha.

Segundo o DVD FIFA Fever, que fala sobre a história do futebol, ele é o melhor goleiro de todos os tempos. Sendo considerado o goleiro mais completo da história do futebol.

No dia 17 de maio de 2008, Kahn se despediu como jogador profissional, com uma vitória do Bayern por 4 a 1 sobre o Hertha Berlin.

domingo, 14 de junho de 2009

Stefanie Maria Graf - 14/06/1969

Stefanie Maria Graf, ou Steffi Graf, nasceu em Mannheim, no dia 14 de junho de 1969, e é uma ex-tenista alemã. É considerada uma das melhores tenistas da história. Ganhou 22 títulos de Grand Slam e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988, em Seul, Coréia do Sul.

Steffi Graf foi a única mulher a vencer os quatro torneios do Grand Slam na mesma temporada, em 1988, ano em que também completou um "Golden Slam", nome dado ao feito de vencer o Grand Slam e o torneio de tênis dos Jogos Olímpicos na mesma temporada.

Graf é membro do International Tennis Hall of Fame desde 2004, e casada com o ex-tenista Andre Agassi.

Steffi Graf foi considerada a sucessora natural de Martina Navratilova, não só como a primeira do ranking mundial, mas como atleta. Já foi dito que ela poderia ter sido corredora olímpica de 800m.

Certa vez, ela revelou que ficava escondida no fundo da sala de aula esperando a hora de ir para a quadra, onde podia se expressar melhor.

Uma imagem que ela preservou: uma mulher totalmente confiante dentro de quadra, mas uma figura discreta e introvertida nas coletivas de imprensa e eventos sociais.

Ela teve dois grandes períodos como número 1 do mundo, o primeiro ano em que conquistou o "Golden Slam", pois venceu todos os quatro torneios de Grand Slam e uma medalha olímpica. Depois, a partir de 1993, após o atentado contra Monica Seles, sua maior rival.

Ela mostrou ter extrema capacidade de recuperação, jogando com problemas de saúde e lesões, e até durante traumas de fora da quadra, conquistando o Aberto dos EUA, em 1995, enquanto o pai estava na cadeia por suspeita de sonegação de impostos.

Sempre popular, sua principal arma foi a direita poderosa, mas poderia ter sido ainda melhor se tivesse superado a relutância em usar a esquerda de top-spin e o voleio.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

A guerra suicida das gravadoras

A recente condenação dos quatro jovens responsáveis pelo The Pirate Bay - um site sueco de troca de arquivos na internet razoavelmente desconhecido aqui no Brasil, mas bastante famoso no exterior. Um tribunal de Estocolmo determinou que os caras sejam condenados a um ano de prisão e que também sejam obrigados a pagar US$ 3,56 milhões às gravadoras envolvidas no processo. É claro que os quatro vão recorrer da decisão e levar o caso até a Suprema Corte da Suécia, mas a questão que quero levantar aqui é outra...

Alguém aí lembra da condenação do Napster e do fechamento do Audiogalaxy, só pra citar dois exemplos famosos? Vocês sabem o que isso gerou, não? O resultado daquelas ações provocaram aquilo que nem mesmo o mais pessimista executivo de gravadora poderia esperar: o surgimento de centenas de programas de compartilhamento musical similares aos dois "condenados", que por sua vez originaram o surgimento de milhares de outros mecanismos de troca de arquivos, que extrapolaram até mesmo o âmbito musical, invadindo a seara de filmes, DVDs e o que mais você pensar em termos de entretenimento. Lembra do também extinto Kazaa? Pois é, os caboclos que bolaram o programa foram igualmente processados e obrigados a fechar o serviço, mas resolveram usar o genial protocolo de transmissão de dados que tinham inventado para transmitir pacotes de voz, em vez de arquivos de áudio. Daí surgiu o Skype, hoje uma das empresas de web mais sólidas do mundo, que apresenta lucros estratosféricos e já saiu na frente em rumo a um futuro com banda larga mais acessível para celulares.

O que quero dizer é que em todo essa confusão, uma coisa é certa: as gravadoras continuam a não saber o que fazer com a nova realidade. E nem mesmo a maioria dos músicos, que ainda não entendeu que a grana de suas respectivas carreiras agora está vindo dos shows. Antigamente, um artista fazia uma turnê para promover um novo disco; hoje, o cara lança um CD para promover uma nova turnê. Simples assim...

Está na cara que ninguém - e volto a repetir: NINGUÉM - vai deter o download. Isso é um fato consumado. Ponto. Ao escrever o título deste artigo, tenho em mente que a condenação do Pirate Bay não apenas mantém as gravadoras em rota de colisão suicida contra a troca de músicas gratuita pela internet, mas também vai estimular ainda mais uma molecada espertíssima - e pode apostar que são milhões de jovens ao redor do planeta - a continuar pirateando e, por conseguinte, sabotando o "sistema". O mais incrível é que essas mesmas gravadoras simplesmente não conseguem elaborar uma maneira mais inteligente e diplomática de se relacionar com seus consumidores. Vitórias isoladas como essa contra o Pirate Bay aumentam ainda mais a popularidade negativa dos burocratas das multinacionais do disco, que por sua vez demonstram, mais uma vez, que não têm a mínima noção de como a internet funciona. Não é à toa que eles estão debatendo sobre isso há quase uma década e ainda não se cansaram de tomar decisões desastrosas para a indústria que representam.

Proporcionalemente, a internet hoje é um campo dominado por adolescentes. O que as gravadoras insistem em não reconhecer é um questão simples: se a imensa maioria que faz downloads nunca pagou por isso, por que iria pagar agora? E toda a batalha das gravadoras pode ser resumida nisso: ganhar mais, mais, mais... Para isso, as multinacionais da música não se furtam em mandar para o ralo as questões de direito civil, fazendo papel de "polícia" e ameaçando de prisão seus hipotéticos "clientes", agindo como "cobradores da Máfia" - sabe aquele papo "Ah, é assim? Não vai pagar mais? Então vou fazer você amanhecer com a boca cheia de formiga"...? Pois é...

Outra coisa: você sabia que inúmeros sites de upload - Mediafire e Rapidshare - repassam uma determinada quantia às gravadoras para que estas os deixem em paz, desde que não atrapalhem lançamentos de álbuns e que continuem trabalhando para deletar links de blogspots? Pois é...

No Brasil, a chamada "classe C" já tem o computador como item básico, não sem antes instalar uma banda larga bem barata - afinal de contas, isso sai mais em conta do que pagar os hoje paleozóicos pulsos telefônicos e conexões discadas. Pode apostar que esse é mais um sinal de que não se pode deter a roda da história. Todo mundo já sacou isso. Menos as gravadoras...

Regis Tadeu, colunista do Yahoo! Brasil

Whack-A-Kitty



quinta-feira, 11 de junho de 2009

Fiat Uno, com Lazaroni



rFactor - Prototype C - Porsche CK5 Preview



Ken Block Gymkhana Two Project



Paulo Sant'Ana dançando no Jornal do Almoço

Paulo Sant'Ana, o comentarista do Jornal do Almoço, se rendeu ao som do Papas da Língua e ensaiou passos de dança.




Não é a primeira vez que Sant'Ana sai dançando no estúdio...


Capotando um Kart Cross



Como dirigir o Ford Model T

O Ford Model T, primeiro carro fabricado em escala industrial, é um carro totalmente diferente de guiar. Neste vídeo, Ed Hebb dá uma aula de direção do Ford "Bigode".


Brawn GP venderá carros de F1




A Brawn GP, equipe que lidera o mundial de Fórmula 1 de 2009, está colocando à venda carros de Fórmula 1 que estiveram nas temporadas de 2001 a 2006. Todos os carros serão vendidos apenas com o chassis, sem motores e outras peças mecânicas, e custarão entre 7 mil e 22 mil libras cada um.

Nick Fry, CEO da Brawn GP, disse: "Brawn GP está extremamente orgulhosa do nosso patrimônio com a British American Tobacco e a Honda, e herdamos uma vasta coleção de carros históricos e memorabília de corrida dos primeiros anos da equipe. Estamos muito satisfeitos com os nossos fãs e colecionadores a ponto de dar a oportunidade de compartilhar a nossa fantástica história e comprar alguns itens, incluindo carros de corrida."

A memorabília será vendida em um evento no Silverstone Classic Historic Race Meeting, no dia 25 de julho.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Coleção de cartões da Johnnie Walker



Como amolar uma faca



Congratulations, Matthew!



Like another british citizen, he could be a fan of Chelsea, Manchester (United or City), Liverpool, or other team around Great Britain, but, when he known Sport Club Internacional, from Porto Alegre, Rio Grande do Sul, he becames a fan immediately.

Matthew Burgess is Welsh, and maintainer of most Internacional colorado blog on the Internet. internacionaluk.blogspot.com is commemorating yours thousandth post today. I leave here for you "Happy Birthday" "Gaudéria" version!

Congratulations, congratulations
Health, happiness
You always collect all day
Peace and joy on the farm of friendship


Matthew wants to archive its next goal: to become a member of Sport Club Internacional. However, the internal rules of the club prevent foreigners from being a member. Review these concepts, Vitorio Piffero, Fernando Carvalho, colorado staff!




Como qualquer britânico, ele poderia torcer para o Chelsea, Manchester (o United ou o City), Liverpool, ou qualquer outro time de futebol das redondezas, mas, quando conheceu o Sport Club Internacional, da longínqua cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, imediatamente tornou-se torcedor.

Matthew Burgess é galês, e mantenedor do blog colorado mais internacional que existe. O blog internacionaluk.blogspot.com está comemorando seu milésimo post hoje, e minhas felicitações já foram desejadas lá nos comentários. E reproduzo-as aqui. É o canto "Parabéns pra você", em versão gaudéria, com sua tradução literal.

Parabéns, parabéns
Saúde, felicidade
Que tu colhas sempre todo dia
Paz e alegria na lavoura da amizade


Matthew quer realizar seu próximo desejo: tornar-se sócio do Sport Club Internacional. No entanto, o regimento interno do clube impede estrangeiros de possuírem carteira de sócio. Vamos rever estes conceitos, Vitorio Piffero, Fernando Carvalho, diretoria colorada!

Born to be burned?

Pelo jeito, essa onda de supercarros pegando fogo está virando moda. Depois de algumas Ferrari e uma Mclaren F1 derretendo-se em chamas, agora, outro carro da marca italiana, um Ferrari F430, é perdido em um acidente provocado pelo motorista, colidindo em dois outros veículos e parando num campo verde, na beirada da rodovia. O fogo teve início no motor.



Apesar da gravidade do acidente, ninguém ficou ferido. Além de perder o carro, o motorista da Ferrari ainda foi multado em 40 euros. Será que essa quantia faz alguma diferença para ele agora?

Duas notícias, num mesmo portal, refletindo a realidade do futebol brasileiro


Enquanto um não está nem aí...

...o outro está sendo cogitado pelo mercado!

9ff BT2, baseado no Porsche 997 GT2




A empresa de tuning tedesca 9ff lançou seu novo pacote de alterações para deixar o Porsche GT2 ainda mais "apimentado". O novo 9ff BT2 entrega nada menos que 850 CV e 920 Nm de torque. Acelera de 0 a 100 Km/h em 3 segundos, 200 Km/h em 8,7 segundos e 300 Km/h em 18,5 segundos, e sua velocidade máxima beira os 386 Km/h.

Caso você queira uma coisa que acelere mais rápido, a 9ff está fazendo uma versão modificada de sua caixa de câmbio com relações mais curtas, para aumentar a aceleração, em detrimento da menor velocidade máxima.

O carro ainda vem com a "lataria" em fibra de carbono, para que o peso do carro diminua, com novas portas, capô e teto, tudo utilizando os pontos de montagem originais do veículo. Um novo conjunto aerodinâmico aumenta o downforce em 70 Kg na frente e 90 Kg na traseira.

Quem quiser este carro vai ter que desembolsar 285 mil euros, 95.500 mais caro que o Porsche GT2 original.