Bimota Tesi 3D




A Bimota Tesi 3D foi criada na década de 1980 como um projeto de conclusão de curso do engenheiro Pierluigi Marconi. Serão produzidas, de forma semiartesanal, apenas 29 unidades, sendo uma delas a mais cara e completa, com parte do chassi feito em fibra de carbono. Esta também deve ser a única unidade vendida no Brasil, ao preço de 200 mil reais.



Além do design agressivo, a Tesi impressiona por outros detalhes, a começar pela suspensão dianteira, do tipo pull-rod. Ela trabalha com braços de sustentação horizontal e dispensa as tradicionais bengalas.

Curioso também é o sistema de direção, acionado por barras e terminais que fazem com que só a roda seja direcionada para os lados.



O chassi desta moto segue a forma da letra grega Ômega e é feito de alumínio. Seu projeto garante um baixo peso, característica fundamental em máquinas de alto desempenho. A Tesi 3D não tem subchassi metálico traseiro: o monocoque e a rabeta são de fibra de carbono, material de alto custo utilizado em competições.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário