Mostrando postagens com marcador Informática. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Informática. Mostrar todas as postagens

Ofensas a Dietmar Hopp e protestos contra a DFB põem em evidência contraste entre tradição e modernidade na gestão do futebol na Alemanha

Hoffenheim vs. Bayern Munich has been interrupted after some away team supporters insistently displayed "Hopp bleibt ein du hurensohn!" plus other banners insulting Hoffenheim benefactor Dietmar Hopp
Quem sintonizou o televisor no sábado, 29 de fevereiro de 2020, para assistir ao jogo entre Hoffenheim e Bayern de Munique, válida pela Primeira Divisão do Campeonato Alemão, acompanhou um desenrolar de partida atípico.

Logo nos primeiros quinze minutos de partida, o placar já apresentava a contagem de três tentos a zero a favor do time da Bavária. O domínio do time de vermelho prevaleceu do decorrer da partida. Na segunda etapa, o Bayern dobrou o número de gols marcados.

Por volta da segunda metade, o placar estava seis a zero para o time visitante. Então, os poucos torcedores do Bayern Munich exibiram faixas com protestos à Deutscher Fußball-Bund e ofensas direcionadas a Dietmar Hopp, presidente do Hoffenheim.

Os jogadores do time visitante pediram que as bandeiras e faixas correspondentes aos protestos e ofensas fossem retiradas. A partida prosseguiu até o septuagésimo-nono minuto, quando os mesmos torcedores voltaram a protestar da mesma maneira.

O árbitro imediatamente interrompeu a partida, chamou as equipes para deixarem o campo e todos retornaram aos vestiários. Após vários minutos de interrupção, os jogadores, em conjunto com a arbitragem, decidiram retornar ao gramado, e continuaram o jogo, mas, ao invés de disputarem a bola com determinação e veemência, tiveram apenas alguns momentos de descontração, tocando a bola um para o outro, realizando alongamentos pós-partida, praticando movimentos típicos de treinamento diário.

Quem, assim como eu, estava assistindo à partida, e ficou sem entender nada do que estava acontecendo, e não acompanha com assiduidade o Campeonato Alemão de Futebol, precisa ir mais a fundo para compreender a história em torno dos protestos. Eu fiz exatamente isto. Então, senta que lá vem a história.

Playstation 4 Racing Wheel Buyers Guide by Inside Sim Racing


Darin Gangi e John Sabol, os apresentadores do programa Inside Sim Racing, fazem um comparativo entre seis conjuntos de volante e pedais disponíveis para o PlayStation 4.

São abordadas as diferenças entre o Thrustmaster T80, o Logitech G29, o Thrustmaster T150, o Fanatec ClubSport Wheel Base V2, o Thrustmaster T300 e o Thrustmaster T500.

Primeiro Koenigsegg One:1 que chegou na Alemanha não pôde ser registrado por causa de uma falha no sistema computadorizado do... departamento de trânsito!


O primeiro dos seis Koenigsegg One:1 que serão produzidos já está nas ruas, mais precisamente, na Alemanha. No entanto, o carro mal chegou e já causou dores de cabeça a seu proprietário, mas o problema vai deixá-lo feliz, mesmo sendo motivado pelo carro: é que o motor era potente demais para o departamento de trânsito local!

Aeroporto de Düsseldorf possui robôs que estacionam o carro para você

Serva Transport Systems Ray Düsseldorf Airport
Ao preço de 29 euros por dia, você contrata um sistema automatizado de estacionamento existente no Aeroporto de Düsseldorf. Diversos robôs, chamados "Ray", carregam seus carros pelas rodas até uma das 249 vagas designadas especialmente para o sistema.

O motorista leva seu carro até a base do sistema, um local escaneado por laser, que mede as dimensões do seu carro. O Ray designado para a tarefa de estacionar o veículo se regula automaticamente para içar o seu carro pelas rodas e levá-lo até uma vaga disponível.

Como usar os pedais do Logitech G25 no Logitech Driving Force GT

Logitech G25 pedals connected in Logitech Driving Force GT
Comprei um Logitech G25 em 2008, para jogar rFactor no PC. Dois anos depois, ele pifou. Algum tempo depois, comprei um Logitech Driving Force GT para substituir o antigo.

Logo depois, descobri que o problema do G25 não era eletrônico, mas sim o famoso sensor ótico que estava quebrado. Substitui a peça e o volante voltou a funcionar, até os circuitos do câmbio e do volante pifarem de vez.

Até então, usava o Driving Force GT no meu PlayStation 3, que está na casa dos meus pais. A partir do novo problema no G25, o Driving Force GT passou a semana no apartamento e o final de semana na casa.

Esta situação permaneceu até que consegui juntar uma grana e comprar um Logitech G27. O Logitech G25, ou o que restou dele, ficou guardado em sua caixa, que conservo até hoje.

Por causa do desgaste do plástico dos pedais do Logitech Driving Force GT, eles passaram a ficar com os potenciômetros imprecisos, freando e acelerando quando eu não queria e não freando ou acelerando quando eu queria.

Aí, tive uma ideia: tentar ligar os pedais do antigo G25, que são de metal e funcionam bem, no Driving Force GT. O problema é que a entrada dos pedais do Driving Force GT é de sete pinos, ao passo que a dos pedais do G25 / G27 é de nove pinos.

Então eu removi a fiação dos pedais do G25 e coloquei a dos pedais do Driving Force GT. O processo de troca eu explico a seguir.