Mostrando postagens com marcador Propagandas de Celulares. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Propagandas de Celulares. Mostrar todas as postagens

Não perca seu amor na balada

Como em toda polêmica sobre propaganda, gosto de acreditar que todo mundo tem razão e ninguém trabalhou até tarde para causar a infelicidade dos outros

Às 14h52 da tarde do dia 25 de julho de 2012 o placar da página “Perdi meu amor na balada” no Facebook era o seguinte: 96.319 curtiram; 38.613 falando sobre isso. O vídeo, em que um ator finge ser um cara que perdeu o telefone da mulher dos seus sonhos na balada e pede ajuda pra geral, postado no YouTube no dia 10 de julho, já atingia 978.948 acessos. E a ação, criada pela agência NaJaca (assim tudo junto mesmo) para lançar o celular Nokia 808 PureView (também assim tudo junto mesmo), continuava gerando agressivas discussões na rede virtual, em elevadores, chás de bebê e até no Procon.

Comercial integra publicidade impressa ao iPhone

A agência Duval Guillaume of Antwerp desenvolveu um anúncio para a AXA Insurance and Financial Services que integra a publicidade impressa a um iPhone. O usuário posiciona o celular na página do anúncio e um vídeo começa a passar automaticamente na tela e, no final do comercial, é diponibilizado um link para baixar um aplicativo gratuitamente.

Na verdade, não há mágica: é preciso digitar o URL do vídeo (www.axa.be/iphone), que está impresso no anúncio, colocar o iPhone sobre a marca delimitada e, obviamente, possuir conexão com a Internet no local em que estiver.