Mostrando postagens com marcador Rubens Gonçalves Barrichello. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rubens Gonçalves Barrichello. Mostrar todas as postagens

Rubens Barrichello acelera o 1993 Honda NSX 3.0 V6 24V VTEC de Ayrton Senna no Autódromo Velo Città


Um momento especial para todos nós, sobretudo para Rubens Barrichello. O piloto teve a oportunidade de acelerar o Honda NSX de placas BSS-8888, que foi de propriedade de Ayrton Senna da Silva, em um autódromo.

Segundo Rubens, para um carro de mais de vinte anos, até que se comportou bem. Pneus ressecados e discos de freio "dormentes" fazem o esportivo ficar um pouco desequilibrado, mas nada que estrague a grande oportunidade de guiar o Honda NSX do "chefe".

Veja também o momento em que Rubens Barrichello pisou no pedal direito do Audi S4 Avant de Ayrton Senna, clique aqui.

Rubens Barrichello acelera o 1994 Audi S4 Avant 4.2 V8 de Ayrton Senna no Autódromo Velo Città


Um momento especial para todos nós, sobretudo para Rubens Barrichello. O piloto teve a oportunidade de acelerar o Audi S4 Avant de placas BSS-8855, que foi de propriedade de Ayrton Senna da Silva, em um autódromo.

Segundo Rubens, para um carro de mais de vinte anos, possui um comportamento dinâmico e atemporal. Apesar de possuir tração integral, o Audi S4 Avant pode sair de traseira, graças ao baixo peso sobre o eixo traseiro, o que pode fazer o piloto passar trabalho ao guiar o Audi S4 Avant do "chefe".

Veja também o momento em que Rubens Barrichello pisou no pedal direito do Honda NSX de Ayrton Senna, clique aqui.

O meu 1º de Maio de 1994

F1 1994 San Marino GP Ayrton Senna Roland Ratzenberger
O dia 29 de abril de 1994 em San Marino foi complicado. Voltei da escola com a notícia de que Rubens Barrichello decolou por cima de uma zebra da Variante Bassa a 225 km/h e quase transpassou a barreira de pneus, quebrando seu nariz e braço direito, e deixando-o inconsciente. Os médicos tiveram que reanimá-lo antes de levá-lo ao hospital. O piloto teve que ficar de fora do Grande Prêmio.

No sábado, durante a etapa de classificação, o austríaco Roland Ratzenberger vinha a 306 km/h, quando a asa dianteira de seu Simtek número 32 quebrou, provalvelmente pelo fato de o piloto ter passado por cima de uma zebra na curva Acque Minerali na volta anterior.

Volvo V40. O carro mais seguro do mundo. (Com Rubens Barrichello)


A Volvo Cars criou um novo filme para a internet, que apresenta o modelo V40. Criado pela Ogilvy e produzido pela Zeppelin, o comercial é protagonizado por Rubens Barrichello. O enredo retoma o GP da Áustria de 2002, no qual o piloto brasileiro deixou Michael Schumacher, companheiro de equipe na Ferrari, passar na sua frente.

A corrida também ficou conhecida pela narração de Cléber Machado, da TV Globo. Na ocasião, o narrador se empolgou com a possibilidade de o brasileiro vencer e soltou a frase que marcou o episódio: "hoje não, hoje não... hoje sim!"

O filme da fabricante sueca, de um minuto e meio, que tem a narração de Luiz Carlos Largo, com comentários de Flávio Gomes, tem o objetivo de resolver o mal entendido, que foi causado por um alemão. A marca aproveita a história para desafiar suas concorrentes no país de Michael Schumacher.

Este foi o primeiro contrato de Barrichello intermediado pela 9ine, agência responsável pela imagem do piloto desde março deste ano.

Meio & Mensagem