Mostrando postagens com marcador Émerson Fittipaldi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Émerson Fittipaldi. Mostrar todas as postagens

Feel something again. The 2018 Kia Stinger. Fueled By Youth. (With Steven Tyler and Émerson Fittipaldi)


STEVEN TYLER AND EMERSON FITTIPALDI HIT THE RACETRACK IN KIA MOTORS’ SUPER BOWL AD FOR THE ALL-NEW STINGER SPORTBACK SEDAN

02/01/18 | ID: 13504

Kia’s 167 MPH Stinger GT Sends the Rock & Roll Hall of Famer on a Transformative Journey Back to the Seventies

Kia launches the “Fueled by Youth, A State of Mind” Stinger marketing campaign with 60-second ad entitled “Feel Something Again” available for viewing now at YouTube.com/Kia and scheduled to air during the third quarter of Super Bowl LII
Set to a cinematic remix of Tyler’s timeless hit “Dream On,” “Feel Something Again” finds the Stinger GT’s 4.7-second 0-601 time being put to the test – all in reverse
IRVINE, Calif., February 1, 2018 – With the unstoppable Steven Tyler behind the wheel, turning back the hands of time is as easy as pressing the start button in the all-new 2018 Stinger in Kia Motors’ Super Bowl ad for the highest performing and most anticipated model in the company’s history.

As the haunting notes of “Dream On” play backwards, two-time Formula One and Indianapolis 500 champion Emerson Fittipaldi looks on approvingly as Tyler approaches a Kia Stinger on an abandoned racetrack. Once inside, the Stinger GT’s twin-turbo, 365-horsepower engine is put to use – in reverse – sending Tyler on a transformative journey back to the seventies. Working in close collaboration with Tyler, state-of-the-art video and CGI work helped bring the music industry icon’s 25-year-old persona to life on the screen to stunning effect.

Designed in Frankfurt and developed on Germany’s famed Nürburgring under the watchful eyes of two auto industry legends – Peter Schreyer, Kia Motors’ president and chief design officer, and Albert Biermann, head of Vehicle Test and High-Performance Development – the Stinger is unlike anything seen before from the brand. Recently named “Vehicle of the Year” by Roadshow by CNET and available in both rear- and all-wheel-drive, the Stinger GT, with its twin-turbo V6, pushes the sports sedan to a top speed of 167 miles per hour and from zero to 60 miles per hour in 4.7 seconds1.

“The Stinger is the dream car driving enthusiasts have been longing for with its head-turning design, premium amenities and heart-pounding power at an incredibly value-packed price,” said Saad Chehab, vice president, marketing communications, Kia Motors’ America. “As one of the youngest mainstream car companies in the U.S., our youth – and the fearlessness that comes with it – is Kia’s strength, and the youthful mindset we share with Steven Tyler and Emerson Fittipaldi is on full display in our Super Bowl ad.”

About Kia Motors America

Headquartered in Irvine, California, Kia Motors America continues to top quality surveys and is recognized as one of the 100 Best Global Brands and 50 Best Global Green Brands by Interbrand. Kia serves as the "Official Automotive Partner" of the NBA and LPGA and offers a complete range of vehicles sold through a network of nearly 800 dealers in the U.S., including cars and SUVs proudly built in West Point, Georgia.*

For media information, including photography, visit www.kiamedia.com. To receive custom email notifications for press releases the moment they are published, subscribe at www.kiamedia.com/us/en/newsalert.

* The Sorento and Optima GDI (EX, SX & Limited and certain LX Trims only) are assembled in the United States from U.S. and globally sourced parts.

1 Preliminary performance estimates determined by Kia for Stinger GT rear-wheel drive using Launch Control and factory-equipped with 19-inch wheels. Stinger GTs that are factory-equipped with 18-inch wheels are limited to 130 mph top speed (e.g., installation of 19-inch wheels will not increase the top speed). Actual results may vary depending on options, driving conditions, driving habits and your vehicle's condition. Verification of these results should not be attempted. Always drive safely and obey all traffic laws.

Senna: The Test


Em 20 de dezembro de 1992, a pergunta a ser respondida era se Ayrton Senna, o piloto mais famoso do mundo, poderia trocar a Fórmula 1 pela IndyCar Series. O tricampeão de Fórmula 1 pela McLaren estava em Phoenix, sudeste do Arizona, para testar o Penske-Chevrolet PC21.

Poderia Senna trocar a equipe McLaren, que passava por dificuldades, pela Penske, para experimentar a Indy 500? Estaria ele preparado para trocar Mônaco por Milwaukee, ou a Itália por Cleveland? Vinte e cinco anos depois, no aniversário do acontecimento simplesmente conhecido como "O Teste", quando Ayrton Senna esteve no deserto na companhia de Émerson Fittipaldi, Rick Mears e Paul Tracy, e este dia tornou-se uma nota de rodapé digna de fascínio em sua enorme carreira.

"Senna: The Test" é o primeiro documentário feito pelo escritor e repórter de automobilismo Marshall Pruett, produzido em colaboração com o veterano cineasta Travis Long, e contém entrevistas com Roger Penske, Rick Mears, Paul Tracy, Hélio Castroneves, Tony Kanaan e Jeremy Shaw.

As Asas de Ícaro: A Verdadeira História da Equipe Fittipaldi (Trailer #2)


O documentário, realizado pela Itoby Filmes, tem duração de aproximadamente duas horas, e mostra a história da iniciativa e empreendimento da Equipe Fittipaldi, contada pelos personagens que dela fizeram parte.

O projeto ainda terá a edição de um livro de fotografias inéditas, de Cláudio Larangeira, sobre carros e pilotos brasileiros que se notabilizaram nas décadas de 1960, 1970 e 1980.

As Asas de Ícaro: A Verdadeira História da Equipe Fittipaldi (Trailer #1)


O documentário, realizado pela Itoby Filmes, tem duração de aproximadamente duas horas, e mostra a história da iniciativa e empreendimento da Equipe Fittipaldi, contada pelos personagens que dela fizeram parte.

O projeto ainda terá a edição de um livro de fotografias inéditas, de Cláudio Larangeira, sobre carros e pilotos brasileiros que se notabilizaram nas décadas de 1960, 1970 e 1980.

Sobre a entrevista de Émerson Fittipaldi ao programa Fantástico


No programa Fantástico, da Rede Globo, o bicampeão de Fórmula 1 Émerson Fittipaldi assumiu que tem dívidas milionárias, mas garante que não está falido, e que vai pagar tudo que deve.

Primeiro: se Émerson possui um patrimônio maior que suas dívidas, então por que a Justiça teve que penhorar carros de corrida?

Segundo: Émerson foi se desculpar com seus credores somente agora, logo depois que uma emissora exibiu reportagem completa sobre suas dívidas.

Terceiro: humilhante não é a Justiça levar seus troféus embora para serem leiloados. Humilhante é o sentimento de pessoas que prestaram um serviço a você, baseando-se no fato de que você tem um sobrenome conhecido, e que, por isso, presumiram que honraria seus compromissos, mas não receberam pelo que forneceram.

Bicampeão de Fórmula 1 Émerson Fittipaldi acumula dívidas milionárias e está falido

Homem de sucesso nas pistas e no meio empresarial, Émerson Fittipaldi se encontra atualmente em situação de falência. Reportagem produzida pela Rede Record de televisão revelou que o ex-piloto teve todos os seus bens penhorados e é perseguido pela Justiça.
Émerson Fittipaldi
Émerson Fittipaldi enfrenta processos milionários na Justiça. São mais de 60 ações que tramitam nos Tribunais do Estado de São Paulo contra o bicampeão mundial de Fórmula 1. A lista de credores contra o ex-piloto inclui bancos privados e públicos, prefeituras, empresários e até um dono de posto de gasolina.

Em Araraquara, o dono de um posto de gasolina ganhou um processo judicial contra Émerson Fittipaldi, que havia feito uma conta no posto para abastecimento dos veículos de sua fazenda, mas os valores não foram quitados. A dívida chegou a 60 mil reais.

Foras de Série: Emerson Fittipaldi


Uma carreira vitoriosa que começou com um sonho: ser piloto de Fórmula 1.

E foi além: tornou-se duas vezes campeão mundial.

Este é Emerson Fittipaldi.

A Era dos Campeões


O filme conta a saga de três grandes pilotos brasileiros, Émerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna, durante o auge de suas carreiras no automobilismo, entre os anos de 1970 e 1990.

O documentário mostra como o Brasil dominou o esporte entre as décadas de 1970 e 1990, até 1991, ano do último título de Ayrton Senna. Depoimentos de muitas personalidades, incluindo outros pilitos, são contados com muito humor e emoção, além de utilizar inesquecíveis imagens de arquivo.

"A Era dos Campeões" revela histórias intimistas dos pilotos, como a vez em que Émerson bateu o primeiro Porsche do irmão mais velho, Wilson. O bicampeão se emociona, no entanto, ao lembrar o dia em que tentou evitar, em vão, a morte do suíço Jo Siffert, após acidente no circuito de Brands Hatch, e conta com orgulho sobre como apresentou o então jovem Ayrton Senna para as equipes Ferrari e McLaren.