Mostrando postagens com marcador Autodromo Nazionale di Monza. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Autodromo Nazionale di Monza. Mostrar todas as postagens

Veja o 1968 Howmet TX, carro de corrida com motor de helicóptero, despejar toda a sua potência no Autódromo de Monza

180mph on board jet-engined racing car | incredible sound Video Thumbnail
O Howmet TX (Turbine eXperimental) é um protótipo criado em 1968 pelo piloto Ray Heppenstall, para testar uma turbina a gás projetada para o uso aéreo em uma competição automobilística.

O chassis do carro foi produzido pela McKee Engineering. Já a turbina aérea foi emprestada pela Continental Aviation & Engineering, e o financiamento do projeto foi dado pela Howmet Corporation.

Embora não tenha sido a primeira tentativa de usar um motor aéreo em um carro de corrida, o Howmet TX foi o primeiro e até hoje é o único a vencer uma corrida, e conquistou um total de duas vitórias em corridas da Sports Car Club of America (SCCA) e dois primeiros lugares em provas de qualificação, tudo isto no único ano no qual disputou onze corridas.

Alex Peroni acerta obstáculo na pista, levanta voo e cai espetacularmente em prova do Mundial de Fórmula 3 em Monza


Durante a primeira corrida do final de semana da Fórmula 3, em Monza, Itália, o piloto Alex Peroni passou por cima de uma das zebras da curva Parabolica, o que fez o carro da Campos Racing decolar, virar de cabeça para baixo e cair sobre a barreira de pneus e a grade de proteção.

Apesar da plasticidade do acidente, Peroni saiu caminhando do local. Restavam apenas três voltas para o final da prova, e com a intervenção do safety car para retirar o carro de Peroni e reparar a barreira de proteção, não houve tempo para a relargada, e Robert Shwartzman cruzou a linha de chegada em primeiro lugar.

Estes obstáculos colocados nas zebras, chamados lá fora de sausage kerbs, têm se tornado um problema para a FIA. Ao mesmo tempo que eles inibem os pilotos de cortarem caminho ou alargarem suas trajetórias, também podem causar acidentes potencialmente fatais como este.

2019 Ferrari SF90 - Autodromo Nazionale di Monza - 1:19.307 Pole Lap - Charles Leclerc - Onboard


2016 Honda Civic Type R - Autodromo Nazionale di Monza - 2:15.16 - Norbert Michelisz - Onboard


Honda Civic Type R sets new benchmarks at five legendary European race circuits

- Honda announces new benchmark times set by Civic Type R at five legendary European circuits
- Lap times achieved in standard production car with no mechanical modifications
- Benchmarks set at Silverstone, Spa-Francorchamps, Monza, Estoril and Hungaroring
- Stars of Honda's WTCC and BTCC squad pilot Type R throughout five circuit campaign

Honda's 'race car for the road' Civic Type R has crisscrossed Europe in an effort to set new benchmarks for front wheel drive production cars at five legendary circuits across Europe.

Inspired by the Civic Type R which smashed the front wheel drive lap time at the Nürburgring Nordschleife in May 2014, the Honda team developed this European challenge to assert Type R as the leading front wheel drive performance hatchback.

The fastest lap in Formula One history! 2004 Williams FW26 - Autodromo Nazionale di Monza - Juan Pablo Montoya - Qualifying Lap Onboard


162.95 MPH (262,24 km/h) average speed: the fastest lap ever seen in Formula One history!

Complex aerodynamics, 900+ BHP V10 engines, traction control, automatic gearboxes... the result? extremely fast cars!

Imagine if the tyres were completely slick...

There is something wrong in current Formula One...

Hear the sound of 2014 Mercedes-Benz F1 V6 turbo engine (and set it as the ringtone of your cell phone)

2014 Renault F1 V6 turbo engine
A Mercedes-Benz postou um vídeo em seu canal no YouTube com uma prévia do som de seu motor V6 1.6 turbo para a temporada 2014 da Fórmula 1. O som do motor foi sincronizado com o vídeo de uma volta rápida no simulador da equipe Mercedes AMG ao redor do circuito de Monza.

A gravação do som foi feita dentro de um dinamômetro de motores. O diretor da Mercedes High Performance Drivetrains, Andy Cowell, avisa que esta amostra não é definitiva e que será muito diferente quando todos os carros estiverem na pista, já que, enquanto o motor é testado, as saídas dos escapamentos estão abafadas por tubulações, por onde são direcionados os gases da exaustão.