Profissional do futuro vs. profissional do presente: qual é o perfil de um gerente de e-commerce?

Muito se fala sobre as profissões que estarão (ou já estão) em alta agora e nos próximos anos – e a profissão de gerente de e-commerce é uma delas. Isso não é uma surpresa para quem acompanha de perto os números da área, pois de acordo com o IBOPE NIELSEN, até dezembro de 2012 chegamos à marca de 94,2 milhões de internautas brasileiros e 5º país mais conectado com "apenas" 20% desse total fazendo compras pela Internet.

Junto com esses números, cresce também a incessante e difícil busca por profissionais que estão preparados para atender à todos os requisitos necessários. Um gerente de e-commerce, por exemplo, é encarregado por toda operação e precisa atuar em diversas frentes de trabalho. Veja abaixo, os principais skills para quem pretende seguir a área:

Logística e atendimento ao cliente após a venda

Do fluxo de pedidos, passando pelo estoque até o ingresso da mercadoria na residência do consumidor. Entender de todo processo de forma analítica é indispensável, já que itens como agilidade e satisfação do cliente são fatores decisivos de sucesso de uma loja virtual. Outro fator que pode influenciar nessa é operação á carga tributária que impacta diretamente no preço do produto e na sua margem de lucro. Conforme as regras aprovadas no senado, os estados de destino ficam com a maior parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) das transações comerciais. Com relação ao pós-venda, não adianta se esforçar para vender se, após "retirar o pedido", o cliente é esquecido, pois a "hora da verdade" acontece nesse momento. Compreender o ciclo completo da compra (venda, entrega, troca, pagamento etc) é atender as necessidades básicas e ainda assim, superar expectativas construindo uma boa reputação.

Marketing digital

Como um "clínico geral" você deverá conhecer e aplicar todas as estratégias de marketing digital cabíveis ao seu e-commerce. Redes sociais, otimização da busca, usabilidade, anúncios em diversas plataformas (e por aí vai) – ou seja, uma experiência na área com conhecimento de causa (e cases) é fundamental.

Tecnologia da Informação

Aqui, quanto mais conhecimento melhor. Mesmo que você não seja um profissional que atuou na área, é extremamente relevante que você conheça as principais tecnologias existentes, conceitos de segurança, plataformas, integrações, entre outras. De forma geral, estar antenado ao mercado de Tecnologia de Informação fará você ver novas oportunidades e também dialogar de forma fácil com os profissionais da área.

Pagamento digital

Oferecer modelos alternativos de pagamento é uma forma de aumentar as vendas e os indicadores de desempenho, portanto, conhecer de finanças e operações bancárias que incluem depósitos, operações com cartão de crédito e financiamento digital lhe ajudará a expandir possibilidades. Por fim, conhecer soluções que combatam fraudes digitais é um diferencial competitivo desse profissional.

Prospecção de novos produtos e mercados

O crescimento do seu e-commerce aumentará conforme a rapidez que você inova em soluções, parcerias e estratégias comerciais de venda. Ter habilidades comerciais e bom relacionamento no mercado lhe abrirá novos horizontes, quer seja para vender produtos complementares (cross selling) ou até mesmo para oferecer um upgrade para o cliente (up seeling).

Em suma, ter uma visão global de todo o processo, conhecer sobre gestão de pessoas, processos e expectativas lhe dará aval para se destacar em um mercado que tem mais vagas disponíveis do que profissionais preparados.

iMasters

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário