Não compre links. Compre blogs.

Escrevi recentemente um artigo sobre link building que repercutiu bastante bem e, como muitas das perguntas que recebi eram sobre compra de links, vou dedicar este texto a explicar porque não acredito que comprar links vale a pena.

O primeiro argumento, e mais comum, é que uma vez que a compra de links não é recomendada pelos algoritmos de busca, a prática pode gerar punições ou mesmo banimento para o proprietário do site que vier a comprá-los. É um argumento decente, mas não é bom o bastante.

Embora não recomende a prática de compra de links, acho se feito muito discretamente é algo muito menos danoso para os mecanismos de busca do que, por exemplo, dar um jeito de inserir links em sites obscuros ou improváveis, embora com alto PageRank, muitas vezes por falha ou porque é um sistema que aceita inserção de conteúdo sem moderação.

Pessoas compram links, sim

Fora do Brasil, há sites especializados em compra e venda de links. Até acho bom, por um lado, que o atraso da Internet brasileira não explicite uma deficiência como essa do mercado global. Eu não gostaria de concorrer com players que compram links numa "feira livre".

O mais curioso é que não surgiu nenhuma empresa para atender este nicho de mercado. Ou é porque os brasileiros realmente não compram links, e preferem usar de sua influência e rede de contatos para conseguir links, ou então o mercado tem aí um nicho a se explorar. Ou, sob certa ótica, link building seja uma tarefa extremamente simples por aqui. (Será?)

De todo modo, a compra e venda de links no Brasil - e eu não sei em que medida existe e se é forte - parece ser algo secundário por aqui. Ao mesmo tempo, são muitas as dúvidas quanto a como conseguir links e esta é realmente uma tentação, principalmente entre os mais novatos em SEO.

Portanto, antes de considerar comprar um link... pense nos blogs.

O poder dos blogs

Os blogs são uma poderosa fonte de interação. Os blogs são uma poderosa fonte de links.

É pensando nisso que proponho que, ao invés de comprar links, as pessoas comecem a pensar em comprar blogs. Isso mesmo. Blogs são muito melhores que links, porque são uma fonte inesgotável de links e, claro, de relacionamento com dezenas de outros sites que podem proporcionar dezenas de outros links.

Considerando isso que desde já é uma máxima, "um link é só um link, um blog são mil links", vou elencar 5 vantagens de comprar blogs, e não links.

Cinco motivos para você comprar um blog, não um link

1. Você não irá infrigir nenhuma das diretrizes do Google comprando blogs. Nada impede que você tenha um império de blogs. Esse é o argumento "jurídico".

2. Um blog, embora provavelmente mais custoso que a compra de um link, trará muito mais reputação a você. Substitua o "você" por uma persona, que responde aos leitores e se integra a outros blogueiros.

3. Em vez de criar a persona, você pode transformar aquele no blog oficial de sua empresa. Compre a audiência, demonstre imparcialidade e continue a se comunicar e angariar mais e mais leitores. O Google perceberá isso.

4. Os links estarão no contexto que você determinar, como achar melhor e evitará que o Google entenda seu link como suspeito, uma vez que um link mal feito pode fazer com que o feitiço se vire contra o feiticeiro.

5. Você nunca dependerá de traficantes de PageRank. E esse, para mim, é o melhor argumento para jamais comprar links.

Conclusão

A prática de compra de links é algo que realmente não é legal e podemos comparar ao mercado negro de tráfico de entorpecentes. Eu entendo que a compra de blogs pode, se mal feita, parecer de fato a mesma coisa que compra de links, mas na minha visão equivale a sua empresa ser a Globo e ela ser proprietária de dezenas de outros canais, como Globo News, GNT etc, e um usar o outro como fonte, com argumento de autoridade.

É isso aí. Construa seu império na Internet.

Diego Ivo
iMasters

Nenhum comentário:

Postar um comentário