Williams adquire maior participação na Automotive Hybrid Power, que desenvolveu seu KERS




A Williams anunciou na quarta (28) que comprou mais ações da Automotive Hybrid Power, que desenvolveu o KERS mecânico para seus carros de F1. A participação da empresa de competições localizada em Grove aumentou sua participação na companhia para 78%, renomeando-a para Williams Hybrid Power e movendo-a para dentro da equipe de Fórmula 1.

Ao invés de continuar o desenvolvimento do KERS para a Fórmula 1, o trabalho será direcionado ao Porsche 911 GT3 R Hybrid, que estreará em competições em maio, nas 24 Horas de Nürburgring. Apesar da prova de longa duração ocorrer somente no mês que vem, Nico Hulkenberg, piloto da Williams F1 Team, debutou o carro no "Green Hell" na sexta-feira passada (23), e disse que a tecnologia envolvida no KERS que equipa o carro é "fascinante".



A Williams também desenvolverá sistemas de recuperação de energia cinética para as marcas Tata Motors, Jaguar e Land Rover, além de ônibus, trens, barcos e sistemas de aproveitamento de energia eólica (ventos).

O chefe executivo da Williams, Adam Parr, disse em fevereiro que a Williams compraria a maior parte das ações da companhia porque ela fez uma enorme contribuição à equipe de Fórmula 1 da cidade de Grove.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário