Qual é o seu foco?

O objetivo é mostrar que não é preciso ter vergonha de vender o seu serviço, ou ser aquela pessoa que quando encontra algum concorrente (ou que trabalhe em uma empresa concorrente), sempre pergunta "como andam os projetos?", "e o mercado na sua região, vai bem?", "seus clientes pagam bem?". Em outras palavras, querendo entender por que eles vendem bem e você não, ou se eles venderam em um período em que você não conseguiu nada. Está na hora de acabar com isso!

Uma pergunta clássica, mas que pode definir toda a sua vida profissional: você já se perguntou qual seu foco de trabalho?

Muitas das propostas negadas ou até mesmo trabalhos realizados com insatisfação é porque o seu foco de trabalho não está definido. Veja bem, não se trata de clientes insatisfeitos; basicamente eles passam a existir quando você está insatisfeito com o trabalho que pegou.

Definir seu foco deve ser sua prioridade de vida se você quer viver de internet.

Há muita gente por aí fazendo sites para gato, cachorro, papagaio, lebre e até mesmo para macaco. É o tipo de pessoa que quer pegar todos os trabalhos, sem exceções, mas vai chegar um momento em que o FOCO - a especialização em um assunto - vai ser exigido.

E aí? O que você faria?

Por que definir o FOCO em seus projetos é tão bom e importante?

Definindo seu FOCO de trabalho você será conhecido como "O CARA" da solução procurada, será uma referência e isso é muito importante.

Observem as certificações do mercado. Por que algumas pessoas estudam tanto para ser um DBA ORACLE, DBA SQL Server ou mesmo obter as certificações que a Adobe oferece? A resposta é muito simples, eles querem ser referência no assunto. Isto é foco.

Vamos a um exemplo:

João, ainda na faculdade, decidiu começar a trabalhar com web, desenvolvendo sites, tomou esta decisão porque se identificou muito com as matérias de desenvolvimento e criação voltadas para web. Após dar seus primeiros passos a procura de trabalhos, se deparou com uma dúvida: para quem desenvolver sites?

Parênteses: mesmo sem se tocar disso, ele percebeu a necessidade de ter um foco. Voltemos.

Daí João fez um site para uma clínica veterinária. Durante este trabalho, ele viu que um pequeno projeto, que levaria 25 dias, acabou chegando aos 3 meses, sem prazo de finalização. João se pergunta:

* Por que este trabalho chegou a esta situação?
* Onde errei?
* O que poderia fazer para melhorar meus próximos trabalhos?

Em outra situação, João atendeu a uma loja de equipamentos de informática. Nesse projeto, ele precisou desenvolver um site com loja virtual. Todo o projeto deixou João empolgado e ele decidiu investir APENAS nesse segmento. Motivo? Ficou muito mais à vontade para trabalhar, com interesse em pesquisar, estudar novidades. Atitudes que toda pessoa que foca em alguma área deve tomar.

Outro ponto importante do FOCO é a liberdade de comunicação, até mesmo entre pessoas da mesma área, no nosso caso, web.

João passou a ser uma referência em sites com lojas virtuais, Pedro é uma referência em sites Escolares e ambos não pretendem investir em outra área, porque direcionaram todos seus trabalhos e pesquisas para o foco determinado. Isto permite que eles possam ter diálogos abertos sobre suas áreas, que são distintas, sem medo de serem lesados um pelo outro.

Para concluir, ser um profissional com foco em uma área é ter liberdade para criar, investir e se destacar já que a pessoa (jurídica ou física) possui domínio sobre aquela determinada área. É poder chegar na mesa do cliente e sugerir SOLUÇÕES, ao invés de simplesmente executar o que é pedido, afinal de contas VOCÊ É A REFERÊNCIA.

iMasters

Nenhum comentário:

Postar um comentário