Louie Bellson morre aos 84 anos




Considerado um dos maiores bateristas da história do jazz, Luigi Paulino Alfredo Francesco Antonio Balassoni faleceu ontem, em Los Angeles, aos 84 anos. Bellson sofria de Mal de Parkinson.

Nasceu em Rock Falls, Illinois. Começou a tocar bateria aos três anos de idade. Aos 15, foi o primeiro a utilizar o bumbo duplo da bateria. Louie Bellson participou da gravação de mais de 200 álbuns, ao lado de grandes músicos como Dizzy Gillespie, Duke Ellington, Count Basie, Benny Goodman, Oscar Peterson, Louis Armstrong, Ella Fitzgerald e Pearl Bailey, sua falecida esposa. O baterista também chegou a criar a sua própria banda.

Bellson escreveu mais de mil composições e arranjos para diversos gêneros, incluindo jazz, swing, peças de orquestra e sinfonias. Como escritor, publicou mais de uma dezena de livros sobre bateria e percussão.

Seu último disco, "Louie & Clark expadition 2", com o trompetista Clark Terry, foi lançado em 2008.

Louie Bellson foi nomeado um "mestre do jazz", em 1994, pelo National Endowment for the Arts, nos EUA, que disse que ele foi "um dos melhores bateristas de big bands durante as eras do swing e do post-swing, e que é conhecido pela sua técnica precisa e pela invenção da bateria com bumbo duplo".


Talvez você também queira ver...

Postar um comentário