Quando a Fórmula 1 deu carona

Como todos sabem, os bólidos da Fórmula 1, assim como quase todos os carros de corrida, são projetados para acomodar apenas o piloto. No entanto, em algumas ocasiões, eles foram usados para carregar um passageiro, nem que ele fosse agarrado no "santo-antônio".

Abaixo, algumas ocasiões em que isso aconteceu. Eu só me lembrava de uma delas. Graças à ajuda de Ivan Capelli, do F1 Nostalgia, do Stop & Go Brasil, do Jalopnik, do Fórmula 2 e do Paulo Alexandre Teixeira, consegui mais alguns registros.
GP da Bélgica de 1961: o francês Maurice Bienvenu Jean Paul Trintignant e o britânico Innes Ireland
No GP da Bélgica de 1961, Innes Ireland pegou carona com Maurice Trintignant.

No Grande Prêmio da Bélgica de 1964, quatro boleias:
GP da Bélgica de 1964: os britânicos Innes Ireland e Norman Graham Hill
Graham Hill sendo levado por Innes Ireland
GP da Bélgica de 1964: o italiano Giancarlo Baghetti, o norte-americano Philip Toll Hill Jr. e o belga Lucien Bianchi
Giancarlo Baghetti levando Phil Hill e Lucien Bianchi
GP da Bélgica de 1964: o britânico Robert McGregor Innes Ireland e o suiço Jo Siffert
Innes Ireland levando Jo Siffert
GP da Bélgica de 1964: os britânicos Peter Arundell e Jim Clark
Peter Arundell leva Jim Clark

No GP da França de 1965, duas caronas:
GP da França de 1965: os britânicos John Surtees e Jim Clark
John Surtees leva Jim Clark.
GP da França de 1965: o sueco Jo Bonnier, o britânico Innes Ireland e o estadunidense Ritchie Ginther
Jo Bonnier e Innes Ireland vão na boleia de Ritchie Ginther.
Teste de pneus em Goodwood, 1966: o engenheiro de pneus da Goodyear, Bert Baldwin, e Dan Gurney
Em 1966, o engenheiro de pneus da Goodyear, Bert Baldwin, vai junto com Dan Gurney, num Eagle, no circuito de Goodwood, para acompanhar "mais de perto" o desgaste da borracha.

No GP da França de 1966, duas boleias:
GP da França de 1966: o belga Jacky Ickx e o britânico John Surtees
Jacky Ickx levou John Surtees.
GP da França de 1966: o suiço Jo Siffert e o britânico Robert Hugh Fearon "Bob" Anderson
Jo Siffert poupou as pernas de Bob Anderson.
GP do México de 1966: o escocês Jim Clark e o inglês Peter Arundell
No Grande Prêmio do México de 1966, Jim Clark leva seu companheiro de equipe Peter Arundell na Lotus.
GP de Mônaco de 1967: o escocês Jackie Stewart
Essa foto de Jackie Stewart na carona de Graham Hill, No Grande Prêmio de Mônaco de 1967, é sensacional!
GP da Alemanha, anos 60: o neozelandês Denis Hulme e o australiano Jack Brabham
No GP da Alemanha do mesmo ano, no velho circuito de Nurburgring Nordschleife, o neozelandês Denis Hulme, levando o australiano Jack Brabham.
GP da Bélgica de 1970: o inglês Derek Reginald Bell e o escocês Jackie Stewart
No GP da Bélgica de 1970, Derek Bell deu carona a Jackie Stewart.
GP da Holanda de 1973: o suiço Clay Regazzoni e o inglês Mike Hailwood
No Grande Prêmio da Holanda de 1973, Clay Regazzoni leva Mike Hailwood.
GP da Itália de 1975: o francês Jean-Pierre Jarier e o francês Jacques Laffite
No Grande Prêmio da Itália de 1975, Jean-Pierre Jarier carrega Jacques Laffite.
GP da Holanda de 1977: o brasileiro Emerson Fittipaldi e o sueco Ronnie Peterson
No GP da Holanda de 1977, Emerson Fittipaldi ofereceu carona a Ronnie Peterson.
GP dos Estados Unidos de 1977: o americano Mario Andretti e o sueco Gunnar Nilsson
No GP dos Estados Unidos do mesmo ano, Gunnar Nilsson aproveitou a oportunidade concedida por Mario Andretti.
GP da França de 1979: o alemão Jochen Mass e o belga Jacky Ickx
No GP da França de 1979, Jochen Mass dando carona a Jacky Ickx.
GP do Oeste dos Estados Unidos de 1979: o australiano Alan Jones e o suiço Clay Regazzoni
No GP do Oeste dos Estados Unidos de 1979, Alan Jones choferando Clay Regazzoni.

No GP do Leste dos Estados Unidos de 1979, duas boleias:
GP do Leste dos Estados Unidos de 1979: os franceses Patrick Tambay e Jacques Laffite
Patrick Tambay leva Jacques Laffite.
GP do Leste dos Estados Unidos de 1979: o inglês John Watson e o brasileiro Nelson Piquet
Nelson Piquet vai no carro de John Watson.

No Grande Prêmio do Brasil de 1980, duas caronas:
GP do Brasil de 1980: o frances Alan Jones e o italiano Ricardo Patrese
O vencedor, René Arnoux, pede carona a Ricardo Patrese.
GP do Brasil de 1980: o italiano Bruno Giacomelli e o francês Patrick Depailler
Bruno Giacomelli dá uma carona a Patrick Depailler, seu companheiro de equipe na Alfa Romeo.
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1984: o francês Jacques Laffite, o francês Alain Prost e o austríaco Niki Lauda
No Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1984, Jacques Laffite dá carona a dois: seu compatriota Alain Prost e Niki Lauda.
GP da Alemanha de 1986: o brasileiro Nelson Piquet e o finlandês Keke Rosberg
Em 1986, Nelson Piquet, depois de vencer o GP da Alemanha, no velho, e meu predileto, circuito de Hockenheim, levou na carona o finlandês Keke Rosberg.
GP do México de 1986: o brasileiro Nelson Piquet, o sueco Stefan Johansson, o austríaco Gerhard Berger e o francês Philippe Alliot
No GP do México do mesmo ano, o brasileiro choferou três: o sueco Stefan Johansson, o Austríaco Gerhard Berger e o francês Philippe Alliot.
GP da Alemanha de 1987: o brasileiro Nelson Piquet e o francês Alain Prost
Em 1987, em Hockenheim, Nelson Piquet era o "chofer", e o "patrão" da vez é o francês Alain Prost.
GP da Itália de 1987: o japonês Satoru Nakajima e o brasileiro Ayrton Senna
No Grande Prêmio da Itália do mesmo ano, Satoru Nakajima dá carona para Ayrton Senna, seu companheiro de equipe na Lotus.
??? 1987: o belga Thierry Boutsen e o italiano Teo Fabi
Em qual GP de 1987 Thierry Boutsen deu carona a Teo Fabi?
Grande Prêmio de Mônaco de 1988: o sueco Stefan Johansson e o italiano Andrea de Cesaris
No Grande Prêmio de Mônaco de 1988, Stefan Johansson deu carona a Andrea de Cesaris.
Grande Prêmio da Hungria de 1988: o inglês Nigel Mansell e o austríaco Gerhard Berger
Naquela mesma temporada, no Grande Prêmio da Hungria, Gerhard Berger é levado por Nigel Mansell.
Grande Prêmio do Japão de 1988: o sueco Stefan Johansson e o austríaco Gerhard Berger
Nos treinos do Grande Prêmio do Japão do mesmo ano, Stefan Johansson deu outra carona, desta vez, a Gerhard Berger, que ficou novamente a pé.
Grande Prêmio do Japão de 1988: o austríaco Gerhard Berger e o inglês Derek Warwick
Depois da corrida, é Berger quem dá carona para Derek Warwick.
GP da Alemanha de 1991: o austríaco Gerhard Berger e o italiano Ivan Capelli
No Grande Prêmio da Alemanha de 1991, Gerhard Berger oferece a oportunidade para Ivan Capelli descansar suas pernas.
GP do Canadá de 1991: o italiano Emanuele Pirro e o finlandês Jyrki Juhani Järvilehto
No Grande Prêmio do Canadá do mesmo ano, Emanuele Pirro traz Jyrki Juhani Järvilehto, mais conhecido como J. J. Letho.
GP da Inglaterra de 1991: o inglês Nigel Mansell e o brasileiro Ayrton Senna
Em 1991, Nigel Mansell, depois de vencer o GP de sua terra natal, levou Ayrton Senna, que ficou no caminho em virtude uma pane seca, até o paddock.
GP de Portugal de 1992: o inglês Johnny Herbert e o finlandês Mika Häkkinen
No Grande Prêmio de Portugal de 1992, Johnny Herbert leva seu companheiro de equipe Mika Häkkinen na Lotus.
GP de Mônaco de 1993: o italiano Alessandro Zanardi e o austríaco Gerhard Berger
Em 1993, no Grande Prêmio de Mônaco, Gerhard Berger "passeando" com Alessandro Zanardi.
GP da Alemanha de 1993: o belga Thierry Boutsen e o finlandês Jyrki Juhani Järvilehto
No Grande Prêmio da Alemanha do mesmo ano, Thierry Boutsen traz J. J. Letho.
GP do Japão de 1993: o inglês Mark Blundell e o inglês Martin Brundle
Ainda em 1993, no Grande Prêmio do Japão, Mark Blundell carrega seu companheiro de equipe na Ligier, e também compatriota, Martin Brundle.

No Grande Prêmio da Alemanha de 1995, duas boleias:
GP da Alemanha de 1995: o escocês David Coulthard e o brasileiro Rubens Barrichello
David Coulthard carrega Rubens Barrichello.
GP da Alemanha de 1995: o austríaco Gerhard Berger e o finlandês Mika Häkkinen
Gerhard Berger leva Mika Häkkinen.
GP do Canadá de 1995: o alemão Michael Schumacher e o francês Jean Alesi
Michael Schumacher dando carona a Jean Alesi, vencedor da única vitória em sua carreira: o GP do Canadá de 1995.
GP da Alemanha de 1996: o francês Jean Alesi e o austríaco Gerhard Berger
No GP da Alemanha de 1996, Jean Alesi dá uma carona a Gerhard Berger.
GP da Alemanha de 1997: o alemão Michael Schumacher e o italiano Giancarlo Fisichella
Michael novamente choferando. Desta vez, o italiano Giancarlo Fisichella, no GP da Alemanha de 1997.
GP da Espanha de 2001: o finlandês Mika Hakkinen e o escocês David Coulthard
No GP da Espanha de 2001, Mika Hakkinen, com problemas na embreagem, abandona a prova e vai com David Coulthard para o box.
GP da Alemanha de 2011: o espanhol Fernando Alonso e o australiano Mark Webber
No GP da Alemanha de 2011, Fernando Alonso teve problemas com sua Ferrari 150º Italia e acenou desesperadamente para que alguém desse carona a ele. Mark Webber atendeu seu pedido.
GP de Cingapura de 2013: australiano Mark Webber e o espanhol Fernando Alonso
No GP de Cingapura de 2013, Fernando Alonso retribuiu o favor a Mark Webber, que teve problemas com a transmissão a poucas voltas do final da prova.
GP da Malásia de 2017: alemão Pascal Wehrlein e alemão Sebastian Vettel
No Grande Prêmio da Malásia de 2017, Sebastian Vettel ficou a pé, e seu compatriota Pascal Wehrlein ofereceu uma carona.

Lembra de fato semelhante? Poste nos comentários!

Aproveite e veja agora mesmo a versão com vídeos.

Talvez você também queira ver...

7 comentários:

  1. legal o post, acho q teve uma corrida onde 2 pilotos pegaram carona! Nos anos 80.

    Pena hj em dia ser proibido.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. mto bacana o post, eu naum sabia dessas outras... só conhecia a do Senna!!!
    vale até assinar o blog
    abraços ;)

    ResponderExcluir
  3. ola!

    primeiro post, não teve uma carona tbm em monaco 82? não me lembro dos pilotos envolvidos

    ResponderExcluir
  4. Bacana, Nostalgia mesmo!
    -
    Parabéns pelo post
    -
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Essa do Hakkinen foi deprimente. Já tava na última volta quando acabou o 'gas', rs

    ResponderExcluir
  6. Pironi pegou carona com o Patrese em 82

    ResponderExcluir
  7. Graham Hill pegou carona com Innes Ireland no GP da Bélgica de 1964.

    ResponderExcluir