O 1974 AMC Hornet X Hatchback "Astro Spiral", que participou do filme de James Bond 007 "The Man With The Golden Gun", será leiloado

1974 AMC Hornet X Hatchback "Astro Spiral" James Bond 007 "The Man With The Golden Gun"
Quando se fala em James Bond, logo se lembra do Aston Martin DB5 que 007 usa ao perseguir Auric Goldfinger. No entanto, vários outros carros tiveram tanta importância quanto. E o AMC Hornet é um deles. Mais precisamente, pelo salto que o agente secreto britânico do MI6 efetuou com o carro sobre um rio, através de uma ponte quebrada.

Aliás, este salto foi o primeiro da história do cinema que foi simulado por computador antes de ser posto em prática. Na cena, James Bond persegue Scaramanga, o assassino que possuía três mamilos, mas toma o lado errado da estrada. Para ganhar tempo, passa para o outro lado do rio saltando pela ponte quebrada.

O engenheiro Raymond McHenry criou um software que preveu as consequências de acidentes que poderiam acontecer durante a manobra e usou pilotos de acrobacias para confirmar se as predições de seu sistema condiziam com a vida real. Assim, conseguiu fazer com que seu programa de computador pudesse planejar manobras acrobáticas com carros.

Raymond McHenry trabalhou com Jay Milligan, que conduzia um show intinerante de acrobacias automobilísticas, para simular a manobra conhecida na aviação como "barrel roll". Uma vez que o sistema atingiu sua perfeição e foi patenteado, eles contataram os produtores da franquia cinematográfica de 007 para usar o software na manobra que faria parte do filme de James Bond.

A adaptação do carro consistiu em remover os bancos originais de fábrica e um banco de competição foi posto na parte central do habitáculo, e o volante de direção foi deslocado para ficar à frente do banco. Além disso, uma gaiola de proteção foi instalada para um eventual acidente, e o tanque de combustível foi substituído por outro menor, com capacidade apenas o suficiente para realizar a manobra. O carro tinha que atingir por volta de 80 km/h de velocidade.

Robert Craig "Evel" Knievel, Jr. seria o responsável pela manobra. No entanto, o norte-americano teve que voltar às pressas para sua terra natal, por causa de sua ex-esposa.

O piloto de acrobacias Loren "Bumps" Willard disse: "tudo bem, eu faço". Ele nunca havia feito isso antes, mesmo assim, conseguiu em uma só tomada. Albert Romolo "Cubby" Broccoli, o produtor do filme, deu-lhe um bolo de notas de cem dólares como pagamento. Aí o piloto disse: "posso fazer de novo?".
De acordo com o site Hemmings Daily, Milligan alterou dois AMC Hornets para a ocasião. O carro que aparece em cena e saltou apenas uma vez foi direto para sua coleção. A única cicatriz resultante do salto cinematográfico foi o para-brisa quebrado, que foi assim mantido. E é este o carro que será oferecido em leilão. Já o outro exemplar Milligan usou para refazer a manobra em ações publicitárias.

A Auctions America irá leiloar o carro em Auburn, Indiana, no evento que acontecerá de 31 de agosto a três de setembro. A empresa espera que o carro seja arrematado por um valor entre 250.000 e 350.000 dólares, mas não há preço de reserva, portanto, pode sair no primeiro lance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário