Francisco Chamorro é bicampeão da Copa América de Ciclismo


Em uma disputa emocionante no Aterro do Flamengo, no Rio, o argentino Francisco Chamorro, recém-chegado à equipe de Sorocaba (SP), conquistou seu segundo título da Copa América de Ciclismo. Roberto Pinheiro da Silva e Nilceu Aparecido dos Santos, ambos ciclistas do time de Pindamonhangaba (SP), chegaram em segundo e terceiro lugar.

A partir da sétima volta, Otávio Bulgarelli, de Pindamonhangaba, e Robson Dias, de São José dos Campos (SP), se destacaram do pelotão e travaram uma bela disputa debaixo de chuva, tentando embalar os sprinters. No início da volta final, Cabrero Gonzalez, do time uruguaio, arrancou para uma fuga, tentou disparar, mas foi alcançado pelos ciclistas de Sorocaba.

Sabendo da eficácia do sprint do argentino Francisco Chamorro, especialista em chegadas, os sorocabanos preservaram o companheiro da resistência do vento para a parte final da prova. Só que, na metade da última volta da prova, os líderes diminuíram a intensidade das pedaladas e a equipe de Pindamonhangaba, com Nilceu Aparecido Santos e Roberto Pinheiro da Silva, tomaram a ponta.

Foi então que a estrela de Chamorro passou a brilhar. Faltando menos de meio quilômetro para a chegada, o argentino mostrou força, disparou e surpreendeu a todos, vencendo a prova, disputada em nove voltas e 2h27m34s.

"Estou muito feliz. A estratégia de chegar para o sprint final funcionou, com a fuga no momento certo. A equipe trabalhou muito bem durante a prova e essa vitória vai para a nossa cidade. Quero uma vaga na equipe brasileira nos Jogos de Londres, e vamos correr atrás disso. Agora vamos disputar o Torneio de Verão e a Rutas de América, no Uruguai", disse Chamorro, que também venceu a edição de 2009 da Copa América de Ciclismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário