UCI pune Johan Bruyneel por publicidade irregular no Tour de France


A União do Ciclismo Internacional (International Cycling Union) baniu por dois meses, de 1º de fevereiro a 31 de março de 2011, o diretor da equipe RadioShack, o belga Johan Bruyneel, além de pagar uma multa dez mil francos suiços, o equivalente a 7.300 euros, por trocar as camisas dele próprio e de Lance Armstrong na última etapa do Tour de France.

As sanções se referem ao infringimento do artigo 12.1.004 do regulamento da UCI, em razão da RadioShack percorrer a etapa de Champs Elysees, a última da carreira de Lance Armstrong, usando camisas pretas estampadas com o número "28". Lance venceu sete vezes o Tour de France e lutou contra um câncer em 1998. Depois disso, fundou a fundação Livestrong, que estima que 28 milhões de pessoas ao redor do mundo possuam algum tipo de câncer.

Entretanto, alguns furiosos comissários daquela prova obrigaram a RadioShack a trocar as camisas pelas suas tradicionais vermelho e cinza. Armstrong persistiu com a ideia, mas somente usaram novamente as camisas pretas ao subir ao pódio da etapa e receber o prêmio pela equipe ter dominado a classificação por equipes.

"No final das contas, penso que o fato de ter que trocar as camisas antes da prova nos deu alguma publicidade", disse Lance à televisão francesa.

Numa declaração, a UCI disse: "Bruyneel publicamente ofendeu os comissários com suas declarações, o que nos obrigou a aplicar punições".

Em julho, a UCI disse que, em virtude das boas intenções da RadioShack, quaisquer multas aplicadas neste caso seriam doadas à Swiss League Against Cancer.

Briga

O Ciclismo Internacional baniu, também por dois meses, o ciclista espanhol Carlos Barredo, por se envolver em luta corporal com o português Rui Costa, depois do final da sexta etapa do Tour de France, em Gueugnon.

A UCI declarou: "Carlos Barredo infringiu o artigo 12.1.005 do regulamento, por danificar a imagem, reputação e interesses do ciclismo e da UCI, durante a edição 2010 do Tour de France".

Nenhum comentário:

Postar um comentário