Relação de cumplicidade com a criação e planejamento

Tenha uma relação de cumplicidade com a criação e planejamento. É fundamental que você saiba quais foram as diretrizes que levaram ao resultado do conceito da campanha, assim como entender o que se passa pela cabeça dos criativos. Desta maneira você poderá inovar e criar novas oportunidades de mídia.

Alessandro Visconde - Diretor de Mídia Almap BBDO

"Quantas vezes você arrancou um "Uau!" do seu cliente numa reunião? Não leve apenas bons planos de mídia para ele, pois isso qualquer boa agência faz e o cliente costuma falar "OK" . Leve "idéias" que mudam a vida dele e você poderá arrancar um "Uau!" na próxima reunião."

Alessandre Siano – Talent Propaganda

Sugiro o ABC do mídia: Atitude, Bom humor e Conhecimento. Porém antenado, com todos os sentidos em alerta, e queimando os neurônios.

Luciana Schwartz diretora de Mídia da Y&R

"O bom profissional de mídia é aquele capaz de conhecer, entender e utilizar as novas mídias que estão surgindo todos os dias. Digitalização, Interatividade, Convergência e Múltiplicidade de plataformas entre outras coisas serão conceitos fundamentais para os mídias que pretendem construir uma carreira bem sucedida. Além disso, o estudo do comportamento dos consumidores em relação a todo este novo ambiente de mídia deverá fazer parte do dia-a-dia dos profissionais de ponta do mercado".

Luiz Fernando Vieira, sócio diretor de Mídia da Africa

Em um mundo tão dinâmico, veloz e cada vez mais competitivo, a palavra de ordem é DEDICAÇÃO. Entenda profundamente o cliente, a categoria, os concorrentes, o target, e como ele se relaciona com cada um dos meios. Não tenho dúvida que só assim, é possível se diferenciar.

André Cais diretor de Mídia da Africa

"Com a rapidez das mudanças, impostas pela revolução da tecnologia, o profissional de mídia não pode mais dormir 8 horas por noite, pois pode acordar totalmente desatualizado. E atualização é tudo!!!"

Paulo Stephan, diretor geral de Mídia da Talent

“Na relação com os veículos de mídia não deixem de ouvir os ‘loucos’, por mais bizarros que pareçam ser. É imperdoável perder a oportunidade de conhecer em primeira mão grandes idéias, que resultam em projetos de valor, por meros preconceitos”

Flávio Rezende, diretor nacional de Mídia da DPZ

"Sinta, experimente, respire, acompanhe, conviva. Além de buscar dados de pesquisa, procure entender como são os hábitos do público com quem você quer falar. Se não der para estar presente onde ele está, procure alguém, fale com os amigos dos amigos. Mas tenha certeza de que o tipo de mídia que você vai sugerir seja pertinente para esse público. Só não exagere muito como num caso que acompanhei. Em uma grande empresa farmacêutica, a gerência para sentir todas as sensações que o produto despertava no consumidor, fazia também questão de experimentar. Detalhe: o produto era um absorvente higiênico, e o gerente era um homem".

Geraldo Leite, presidente da Singular

“Minha dica é 'ler muito'. Isso hoje é fundamental para o mídia ter conhecimento geral de tudo o que está acontecendo no mundo. Entretenimento, Esportes, Cultura, Tecnologia, Inovação, Negócios e Economia são alguns dos alicerces fundamentais que nos agregam conhecimento e fazem parte do dia a dia da nossa profissão, auxiliando no bom desempenho do nosso trabalho junto aos nossos clientes. Ou seja, temos que buscar a informação aonde quer que ela esteja."

Gian Marco La Barbera, gerente de mídia da Africa

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário