Motociclista é intimado pela polícia por filmar sua própria abordagem




O motociclista Anthony Graber estava passeando com seu veículo em alta velocidade e realizando algumas empinadas básicas, até que, aproximando-se de um semáforo, foi fechado por um sedã, e o motorista do carro, um policial do Estado de Maryland, Estados Unidos, saiu do seu veículo, com uma arma em punho, e ordenou que Graber descesse de sua motocicleta.

Anthony foi apenas notificado e intimado a comparecer a uma delegacia dentro de alguns dias, mas com um detalhe: levando consigo, como garantia, quatro computadores, dois notebooks e sua câmera de capacete, por quê? Simplesmente por que é proibido realizar filmagens de pessoas sem devida autorização.

Aí estão dois problemas: Graber e o policial estavam em uma via pública, o que não impede ninguém de realizar gravações de vídeo ou áudio, e o tira realizou uma simples abordagem com uma arma de fogo em punho. Atualmente, a polícia do Estado de Maryland enfrenta uma crise, depois que dois de seus integrantes foram flagrados agredindo um estudante da Universidade local.


Nenhum comentário:

Postar um comentário