USF1 "joga a toalha" antes de começar a "luta"

A USF1, depois de um anúncio cheio de projeções e expectativas, pede à FIA para que estreie na F1 somente em 2011, mantendo sua vaga, ou seja, que "tranque sua matrícula antes mesmo de começar a estudar".

Depois das tentativas de criar uma fusão com a Campos Meta e a Stefan GP, sem sucesso, Ken Anderson e Peter Windsor solicitaram um ano "sabático" sem ao menos ter estreado, ainda mais depois das especulações de que Chad Hurley, um dos criadores do YouTube, e potencial patrocinador, desistiu de trabalhar com a equipe americana, após a inspeção da FIA verificar que não há nada construído na sede da USF1 além de um bico que se desintegrou no crash test.



Pelo jeito, nem USF1 nem Campos estão no grid da primeira prova, no Bahrain, no próximo dia 12.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário