Abbey Road Studios é posto à venda pela EMI

A gravadora EMI pôs à venda os históricos estúdios Abbey Road, onde os Beatles gravaram a maior parte de sua discografia. O intuito da transação é ajudar a resolver as dificuldades financeiras da gravadora, informou nesta terça-feira o jornal britânico "Financial Times".

A venda dos estúdios situados em Abbey Road, a rua imortalizada em 1969, na capa do último álbum do quarteto de Liverpool, pode trazer "dezenas de milhares de libras", segundo o jornal.

A EMI não quis comentar a informação, mas o jornal assegurou que cinco pessoas especializadas no tema disseram que a gravadora esteve conversando com possíveis compradores.

O jornal afirma que não está claro se a EMI venderá a marca "Abbey Road", mas cita um advogado para quem "a marca vale mais que o prédio". Segundo ele, "quem quiser os estúdios irá querer a marca".

A gravadora comprou o prédio situado no número 3 da Abbey Road, no noroeste de Londres, em 1929 por 100 mil libras, e o local ficou conhecido no mundo inteiro graças aos Beatles.

Eles gravaram no local entre 1962 e 1969 praticamente todos os álbuns de estúdio até "Abbey Road", em cuja famosa capa aparecem os quatro músicos passando pela faixa de pedestres da rua.

Desde então, o estúdio, um dos poucos que pode acomodar orquestras inteiras, foi utilizado por grupos como Pink Floyd, Radiohead, Travis e Blur, assim como para a gravação de trilhas sonoras de filmes como "O senhor dos anéis" ou "Harry Potter e a pedra filosofal", lembra o jornal.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário