Pioneiro da música portátil, Walkman comemora 30 anos

Há 30 anos era lançado no Japão um portátil que iria revolucionar a maneira de ouvir música. O Walkman, criado pela Sony, não foi um sucesso imediato. Vendedores achavam que um aparelho que utilizava fitas mas não tinha opção de gravação seria um fracasso.



Mas a invenção deu certo: teve 30 mil unidades vendidas nos primeiros dois meses e em 1986 foi incorporado ao Dicionário de Inglês Oxford como sinônimo de tocador de música portátil.

"Naquela época, nós desenhávamos os produtos no papel", disse Nobutoshi Kihara em uma entrevista em 2006, antes de se aposentar. Ele foi o engenheiro responsável pelo design do primeiro modelo de Walkman.



Hoje o Walkman acumula 385 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. A marca ainda é utilizada pela Sony em seus tocadores portáteis digitais, mas está longe de superar a concorrência do iPod.

O aparelho da Apple atingiu vendas de 100 milhões de unidades em menos de seis anos no mercado, tornando-se o tocador de música com venda mais rápida da história.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário