Shimano lança câmbio eletrônico para bicicletas

A Shimano testará no Tour da California um câmbio eletrônico, sem cabos. O sistema, nomeado Dura-Ace Di2 7970, funciona com uma bateria que alimenta motores que fazem as trocas de marchas. Quase nada muda nos STIs, ou trocadores, apenas o fato da ausência de cabos.

A principal concorrente da Shimano, a Campagnolo, também tem seu câmbio eletrônico, mas adiou o seu lançamento devido à crise econômica.

A Shimano estima que a bateria dure cerca de 1.600 quilômetros por carga.

Um conjunto completo de câmbio eletrônico vai custar cerca de 1.250 dólares a mais do que a versão mecânica, vendida por cerca de 2.750 dólares. O custo de atualizar um sistema Shimano deverá ficar em torno de 2.200 dólares. O sistema vai funcionar em praticamente todas as bicicletas de corrida.



Só falta daqui a alguns anos inventarem um controle de tração para bicicletas. Achava que nem em motocicletas isso era possível. Já não duvido de mais nada...

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário