Mentiroso do YouTube ficará 5 anos na prisão

Um morador de Nova York foi declarado culpado por publicar vídeos no YouTube afirmando que havia envenenado milhões de contâiners da comida para bebês da marca Gerber.

Anton Dunn, de 43 anos de idade, chamava a si mesmo de “Trashman” (homem-lixo) e foi condenado por publicar ameaças em rede nacional e pode ficar até cinco anos na prisão, de acordo com o promotor do caso, Lev Dassin.

Dunn postou seu primeiro vídeo – no qual usava uma máscara preta – no dia 20 de abril deste ano e, em seguida, carregou mais duas gravações no site de compartilhamento de conteúdo.

“O título dos vídeos era 'gerbersbabyfoodalert' e Dunn assegurava que funcionários da Gerber, obedecendo uma ordem dada por ele, haviam posto veneno em milhões de latas de comida para bebês, com o objetivo de matar as crianças que ingerissem o alimento”, explicou Dassem em comunicado.

AdNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário