Cornos do Brasil

O PAULISTA: Encontra a mulher com o outro na cama e vai fazer terapia. Pô meu num to entendeeendo. Afinal, o problema deve ser com ele.

O CARIOCA: Encontra a mulher com o outro na cama, junta-se a eles e inicia uma boa suruba.

O MINEIRO: Encontra a mulher com o outro na cama, mata o homem e continua casado com a mulher, exatamente como manda a TFM (Tradicional Família Mineira).

O CEARENSE: Encontra a mulher com o outro na cama e, sendo o cabra da peste que é, mata os dois e arruma outra no dia seguinte.

O BAIANO: Encontra a mulher com o outro na cama, vai sentar na sala até que os dois terminem o que estão fazendo, pra ele poder dormir um pouco.

O CURITIBANO: Quando pega a mulher com outro na cama, não faz nada, pois curitibano não fala com estranhos.

O GAÚCHO: Encontra a mulher com o outro na cama e, ao contrário do mineiro, mata mulher fica com o marmanjo só pra ele (só podia ter sido um carioca ou um paulista pra ter inventado essa).

O GOIANO: Encontra a mulher com o outro na cama, entra em depressão, pega a viola e vai para rua à procura de outro corno pra montar mais uma dupla sertaneja.

O BRASILIENSE: Sempre que pega a mulher com outro na cama, de raiva vai para o Congresso e inventa mais um imposto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário