Reportagem sobre a volta do Fusca no Brasil, em 1993


Alexander Gromow no Programa "Automóveis", TV Jovem Pan, canal 16 UHF (falida), 02/03/1993. O cenário era a volta do Fusca às linhas de produção, por solicitação do Presidente Itamar Franco.

A imprensa era francamente contrária a isto. A Volkswagen, então Autolatina, não aceitava participar de entrevistas. Inicialmente, Alexander Gromow não aceitou participar. O convite só foi aceito sob a condição de ele falar como representante do Fusca Clube do Brasil, ou seja: para falar bem do carro.

Ao chegar lá, o cenário do programa era totalmente diferente do combinado. Uma reportagem de abertura com o Wilson Fittipaldi começou a denegrir o carro, e entrevistadora continuou a falar muito mal do Fusca. A entrevista foi tensa do início ao fim, e as perguntas mudavam de rumo sem muita lógica aparente.

Ao chegar em casa, uma pessoa que acompanhou Alexander até o estúdio, e de lá, assistiu à entrevista, contou que estava ao lado de uma operadora de mesa, cujo fone de ouvido vazava som da produção. O mesmo som ia para o ponto eletrônico da entrevistadora.

Pois bem, eram três redatores, que se revezaram fazendo perguntas, como eles mesmos diziam para "derrubar aquele camarada". Esta pessoa, que foi junto ao estúdio, disse que ouviu frases como: "este camarada é duro", "ferra ele com esta", "esta ele não irá responder", "o cara tem resposta para tudo", e assim por diante.

Ou seja, eram jornalistas da pior qualidade, cujo foco era o lado negativo de uma história. A entrevistadora era uma pobre coitada, que emprestava o seu "rostinho" para servir de papagaio para os "redatores", que tentaram derrubar Alexander Gromow, uma situação injusta, fora do combinado, mas que refletiu o mal que foi feito pela imprensa à memória do Fusca, na sua surpreendente volta às linhas de produção.

A TV Jovem Pan foi logo à falência, e suas instalações, depois de ficarem fechadas durante anos, foram adquiridas pela TV Record. Alexander Gromow não é mais Presidente do Fusca Clube do Brasil, tampouco é sócio desta entidade, mas continua trabalhando em prol do Fusca, da manutenção de sua história e marca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário