Floyd Landis abandona o ciclismo

O ciclista americano Floyd Landis, 35 anos, anunciou que está deixando o ciclismo de estrada, segundo reportagem da ESPN, na terça-feira (18). Ele está afastado das competições desde a edição 2006 do Tour de France, após um exame anti-dopping revelar uma alta concentração de testosterona. Após negar o fato por quatro anos, Landis, no final de 2010, confirmou o resultado.

Ao realizar a confissão, Floyd alegou que Lance Armstrong também se envolveu em casos semelhantes na sua carreira. Estas alegações têm gerado uma investigação federal sobre o astro americano.

"Passei cinco anos tentando voltar para uma posição que eu nunca pude realmente voltar, e isso está causando mais estresse do que valeria a pena. Deve haver vida além disto. Fui montando minha bicicleta durante muito tempo, tentando descobrir a vida, que é a mesma razão que eu tive para começar, então, eu tenho um círculo completo. Eu continuarei a andar de bicicleta, mas eu nunca vou começar em um ponto numa estrada e tentar chegar a outro ponto mais rápido do que um outro ciclista. Isso acabou."

Landis disse que considerou desistir da ideia muitas vezes nos últimos meses, mas que não via outra saída, a não ser deixar as competições. Acrescentou ainda que vinha se decepcionado com o que chamou de "hipocrisia" e "corrupção sistêmica" no ciclismo, e se mostrou pessimista com a ideia de que a cultura do doping poderia mudar.

"Estou realmente certo de que este esporte não pode ser 'consertado', mas isso não é meu trabalho, nem minha luta". Floyd Landis iniciou sua carreira em 1999, com a equipe Mercury. Em 2001, esteve na US Postal, e na Phonak, em 2005.

Talvez você também queira ver...

Postar um comentário