Fiat compra ações da Ferrari pertencentes à Mubadala


A Fiat comprou mais 5% da sua participação nas ações da Ferrari que havia vendido cinco anos atrás para a Mubadala, companhia de investimentos de Abu Dhabi. Acredita-se que a medida coincide com os recentes rumores de que a Fiat está considerando, para mais tarde, vender uma parte significante de suas ações que possui na marca de Maranello e na equipe de Fórmula 1.

A compra das ações que eram de propriedade da Mubadala custou 122 milhões de euros, de acordo com o jornal árabe The National, e aumenta a participação da Fiat na Ferrari para 90%. Acredita-se que a Fiat esteja se preparando para vender ações o suficiente para baixar sua participação para 51%.

"Eu posso confirmar que a Fiat tem exercido a opção pela compra das ações da Ferrari obtidas pela Mubadala. Não temos mais comentários a fazer", disse um porta-voz da Fiat.

A informação foi passada por analistas que estiveram reunidos com o CEO do grupo Fiat, Sergio Marchionne, no último dia 12. Segundo o site, o propósito da venda seria um investimento para formação do grupo Chrysler LLC, adquirido recentemente pela montadora italiana.

Além de parte da Ferrari, a montadora também pretende vender ações da fabricante de peças Magneti Marelli. Considerando apenas a parte da Ferrari, o valor arrecadado seria de aproximadamente 3,3 bilhões de dólares. Além disso, a montadora também decidiu não vender a Alfa Romeo, que será importante durante os próximos cinco anos, principalmente para se firmar no mercado norte-americano, peça-chave para o crescimento global do Grupo Fiat.

Nenhum comentário:

Postar um comentário