Low Speed Vehicles and Minitrucks Crash Test




A preocupação com o meio-ambiente tornou populares os veículos de dimensões reduzidas, e a tendência chegou até aos Estados Unidos, mercado conhecido por sua preferência por carros de grande porte.

Os crash-tests realizados pelo IIHS, instituto norte-americano, controlador da segurança dos veículos em colisões, mostram que alguns modelos podem até ser baratos e práticos, mas levam nota zero quando o assunto é segurança.

Um exemplo é o GEM e2, que se enquadra na categoria dos LSVs (Low Speed Vehicles) e pode rodar nas ruas. O modelo, que tem jeito de carro de golfe, não oferece itens de segurança presentes em quase todos os outros veículos, como barras de proteção lateral, airbag duplo e zonas deformáveis de proteção aos ocupantes.

No teste, o e2 sucumbiu diante de um Smart Fortwo, subcompacto que mede apenas 2,70 metros de comprimento, mas que oferece os principais itens de segurança.

Já o Changan Tiger é conhecido de nós, brasileiros. Trata-se do mesmo Chana Cargo, vendido no país pela importadora Districar. A picape compacta também se saiu muito mal ao colidir de frente com uma Ford Ranger.

Nenhum comentário:

Postar um comentário